Carregando...

Alerta!

logo A POLÊMICA DOS FARÓIS ACESOS NAS RODOVIAS - COM O COLUNISTA ALUÍSIO FERREIRA - Aluísio Henrique Ferreira - Colunistas - AN Notícias A POLÊMICA DOS FARÓIS ACESOS NAS RODOVIAS - COM O COLUNISTA ALUÍSIO FERREIRA - Aluísio Henrique Ferreira - Colunistas - AN Notícias

Apucarana, 18 de Setembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia dos Símbolos Nacionais - Dia da Televisão - Dia de Santa Sofia e São José de Cupertino - Semana da Comunidade -
Escolha um colunista:
Aluísio Henrique Ferreira
Direito
Aluísio Henrique Ferreira é Advogado, sócio do escritório Ferreira, Carrero & Advogados Associados. É também Professor do Curso de Direito da FAFIMAN e Mestre em Direito.
Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores, pois o Site e Jornal Apucarana Notícias pode não comungar com as mesmas ideias.
19/07/2016 03h21

A POLÊMICA DOS FARÓIS ACESOS NAS RODOVIAS - COM O COLUNISTA ALUÍSIO FERREIRAVale ainda lembrar que nem todos os motoristas dirigem com atenção

Tenho visto muita gente ridicularizando a lei que obriga a transitar em rodovias com os faróis acesos.
Como constitucionalista que sou, respeito a liberdade de manifestação de cada um. Porém, sinto-me no dever de dizer algumas coisas.

Mesmo antes de tal lei, sempre trafeguei em rodovias com os faróis acesos, pois penso que tão importante quanto ver, é ser visto. Isso mesmo. Por diversas vezes confundi, de longe, a cor dos carros (principalmente os pretos e cinza), com o asfalto, e por isso sempre tive muita cautela. Certamente se não estivesse atento, sairia para ultrapassar e poderia haver um desastre.
Com as luzes acesas, essa possibilidade de confusão diminui, bem como fica mais fácil para os desatentos perceberem a presença de outro carro. Não vejo motivo para tanta polêmica, por algo simples e muito importante, que sequer deveria ser necessária lei para tal, mas sim um dever natural de cuidado do motorista, para, principalmente, ser visto.

Vale ainda lembrar que nem todos os motoristas dirigem com atenção; que nem todo mundo enxerga bem; que existem aqueles que após viagens longas relaxam ao volante e a percepção é diminuída, entre tantas outras coisas que fadigam o motorista e lhe diminuem a atenção.

Por isso, reafirmo, tão importante quanto ver, é ser visto, e as luzes durante o dia vem em favor da nossa segurança.
Fica a minha reflexão, como sempre, respeitando quem pensa diferente.