Carregando...

Alerta!

logo Após 6 anos e oito meses presa, sogra que teve caso com genro que matou sua filha é solta - Notícias - AN Notícias Após 6 anos e oito meses presa, sogra que teve caso com genro que matou sua filha é solta - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 06 de Abril de 2020

SAIBA MAIS

Páscoa - Dia de São Guilherme -
09/01/2020 12h09

Após 6 anos e oito meses presa, sogra que teve caso com genro que matou sua filha é soltaCélia Forti saiu da cadeia nesta quarta-feira (08) em Apucarana e já está em sua casa com tornozeleira eletrônica

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Foi colocada em regime semiaberto nesta quarta-feira (08) em Apucarana no Minipresídio feminino, a sogra que teve um caso com o genro que matou a esposa para ficar com a mesma em Apucarana, num crime macabro que teve repercussão a nível nacional e chocou a cidade de Apucarana, na morte de Jéssica Ananias.

Célia Forti, condenada a 19 anos 5 meses e 10 dias de prisão por planejar a morte da própria filha junto com o genro, Bruno Costa com quem teria um caso amoroso, foi solta após cumprir pouco mais de seis anos e oito meses da pena, em regime fechado, onde foi registrado o júri popular mais longo da história da Comarca de Apucarana.


Célia Forti que hoje está com 53 anos, deverá cumprir o restante da pena com uma tornozeleira eletrônica, e no regime semiaberto em seu domicílio.

O genro com quem teve um caso e está preso na PEL de Londrina, ainda ficará guardado por mais algum tempo, e futuramente deverá cumprir o mesmo regime que Célia, que sua sogra vai cumprir agora.

Vale a pela lembrar que a mesma conseguiu essa Progressão de Regime, após trabalhar e ter bom comportamento dentro da cadeia.
Fonte: AN Notícias

Galeria de Imagens