Carregando...

Alerta!

logo Apucarana licita obras do Parque Industrial da Juruba - Notícias - AN Notícias Apucarana licita obras do Parque Industrial da Juruba - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 18 de Setembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia dos Símbolos Nacionais - Dia da Televisão - Dia de Santa Sofia e São José de Cupertino - Semana da Comunidade -
26/02/2018 02h37

Apucarana licita obras do Parque Industrial da JurubaO empreendimento terá com toda estrutura necessária e contará com praça de serviços com espaço para instalação de postos de atendimento bancário

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Principal projeto dentro da política de expansão industrial da atual gestão municipal, o prefeito Beto Preto autorizou nesta sexta-feira (23/02), em ato oficial no gabinete municipal, o início da licitação que visa definir uma empresa especializada para estruturar o Parque Industrial da Juruba. A primeira etapa do empreendimento, projetado para 237 lotes com metragens entre mil e dois mil metros quadrados, consiste na liberação de 31 lotes. O investimento previsto para esta fase inicial é de R$568 mil com recursos do próprio município. Já a estimativa da prefeitura para a estruturação completa do parque – que será feita em quatro etapas – é de que serão necessários cerca de R$10 milhões.

“Este parque industrial vai impulsionar ainda mais o potencial econômico de Apucarana e, consequentemente, a geração de emprego e renda para nossas famílias”, disse o prefeito Beto Preto. De acordo com ele, ao contrário do que ocorreu em um passado recente, “a cidade conta hoje com o trabalho de uma administração municipal que não quer atrapalhar a vida dos empresários, mas juntar forças para que Apucarana se desenvolva ainda mais”. “A prefeitura tem realizado várias iniciativas no sentido de apoiar o setor produtivo, como o desenvolvimento do maior programa de cursos profissionalizantes do Paraná, onde nos últimos cinco anos capacitamos 20% dos trabalhadores, fizemos o novo plano diretor, que incentivou a construção civil, formalizamos empresas do vestuário, e agora estamos lançando este novo parque, que vai expandir a industrialização na cidade”, disse o prefeito.

O Parque Industrial da Juruba será construído no conceito de Cidade Industrial e está sendo implantado em um terreno de 23 alqueires junto à BR-376, na região Sul de Apucarana. Com área total de 556 mil metros quadrados, o terreno fazia parte da Fazenda Juruba. O parque será dotado de água, esgoto, energia elétrica compatível com atividades industriais, rede telefônica e de fibra ótica, iluminação e pavimentação asfáltica. “Como diferencial, o novo parque industrial está projetado para contar com uma praça de serviços com espaço para instalação de postos de atendimento bancário, lotérica, escritórios de parceiros como UTFPR, Sebrae, Sesi/Senai, Senac, posto de atendimento da prefeitura, entre outros serviços ligados ao setor industrial. Além da possibilidade de receber um restaurante coletivo”, informou o prefeito Beto Preto. No que tange a mobilidade, ele explicou que serão ruas largas (entre 12 e 15 metros) para manobras de caminhões e carretas, além de prever rotatórias, calçadas, entre outros equipamentos.

O evento contou com a participação de empresários e vereadores, que parabenizaram a prefeitura pelo projeto. “No Parque Industrial Zona Norte fui o primeiro a colocar um tijolo sobre o outro. Juntamente com os demais empresários de lá, sofri por muitos anos a espera pela chegada da pavimentação, por isto quero enaltecer o pensamento do atual prefeito que vai entregar um parque industrial já estruturado, o que é um incentivo muito grande para o investidor se instalar”, pontuou o empresário Sérgio Biazze.

Além do crescimento econômico, o presidente da Associação Empresarial do Distrito Industrial Sul de Apucarana, empresário Adan Lenharo, frisou a geração de novos empregos para a cidade. “Louvável esta iniciativa da prefeitura, que abre novas oportunidades de crescimento”, disse Lenharo. Opinião que foi avalizada pelo empresário Armando Boscardin. “O maior trabalho social que uma autoridade pode fazer é oferecer emprego, simplesmente doar não leva nada a ninguém. Gerar emprego é trabalho social permanente. Apoiar e atrair indústrias também aumenta a arrecadação e contribui para a prefeitura executar as obras que Apucarana necessita. Parabéns ao prefeito Beto Preto pelo projeto deste novo parque industrial”, declarou Boscardin.

O vice-presidente para Assuntos da Indústria da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Wanderlei Faganello, que no ato representou o presidente da entidade, Jaime Leonel, avaliou que o novo parque industrial é a oportunidade que os empresários pedem há tempos. “Apucarana precisa muito de mais espaço para crescimento industrial e esse parque certamente preenche essa necessidade”, disse. Outra autoridade que declarou apoio ao projeto foi o diretor-geral do campus Apucarana da UTFPR, professor Marcelo Ferreira da Silva. “A prefeitura pode contar conosco. Através dos nossos cursos queremos ser parceiros e contribuir muito com o desenvolvimento desta iniciativa”, anunciou Silva.

O planejamento municipal foi o destaque do vice-prefeito Júnior da Femac. “A diferença desta administração municipal com as demais, é de que tudo que é anunciado é fruto de planejamento. Nada é dito ou feito à toa. O terreno está legalizado e pago, com projetos e autorização ambiental concedida”, anunciou Júnior, enfatizando ainda que nas proximidades do parque estão sendo construídos projetos habitacionais, como o residencial Fariz Gebrim. “Outra ação planejada. Certamente muitos dos futuros moradores vão encontrar trabalho no parque industrial e com isto o deslocamento casa-trabalho será feito de forma tranquila”, exemplificou Femac.

Além de empresários e dos vereadores Lucas Leugi, José Airton “Deco” de Araújo, Antônio Carlos “Sidrin”, Gentil Pereira, Francisley “Poim” Godoi, Luciano Molina, Antônio Marques da Silva (Marcos da Vila Reis) e Márcia Sousa, a solenidade contou com a presença de representantes de associações, como Carmen Lúcia Izquierdo Martins, presidente do Sindicato das Indústrias de Pré-Moldados de Concreto e Artefatos de Cimento do Norte do Paraná (Sindccon), Elisabete Ardigo, presidente o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana e Vale do Ivaí (Sivale) e Edem Corbacho, presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Apucarana.

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens