Carregando...

Alerta!

logo Apucarana mantém 27 UBSs abertas para vacinação contra a gripe - Notícias - AN Notícias Apucarana mantém 27 UBSs abertas para vacinação contra a gripe - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 20 de Maio de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Comissário de Menores - Aniversário de Palmas e Dia do Otimismo -
04/05/2019 11h18

Apucarana mantém 27 UBSs abertas para vacinação contra a gripeAbertura oficial do DIA D da campanha aconteceu na UBS Maria do Café, no Jardim Ponta Grossa

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Com a presença do prefeito Junior da Femac e de diretores da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), foi realizada hoje pela manhã, a abertura oficial do Dia D da Campanha Nacional da Vacina Contra a Gripe. A solenidade aconteceu na Unidade Básica de Saúde (UBS) Maria do Café, no Jardim Ponta Grossa.

A vacinação começou às 8 horas e segue até as 17 horas em 27 UBSs. A exceção são para a unidade de saúde Philipe Weckewerth, no Jardim Milani, e Unidades de Apoio da Saúde. O prefeito Junior da Femac reiterou a importância da vacina para se proteger da gripe e das complicações que ela pode causar.

“Os quadro da gripe pode evoluir para pneumonia e isso pode ser evitado com a vacina. Esse é o dia que queremos chamar a atenção para a importância da vacina. É preciso vacinar sim, garantindo a imunização contra o vírus da gripe pelo ano todo. Espero que a população atenda a esse chamado da saúde. Não queremos que ninguém, de nenhum grupo prioritário, fique para trás”, enfatizou Junior.

Diego Rocha, morador do Jardim Ponta Grossa, compareceu logo cedo neste sábado, na UBS Maria do Café, para vacinar seu filho Edgar, de 3 anos. “Não pude vir antes porque trabalho e ele vai para creche. Hoje foi o dia perfeito para trazer meu filho para vacinar. A minha responsabilidade, como pai, é cuidar da saúde dele”, afirmou Rocha.

O diretor presidente da Autarquia de Saúde, Roberto Kaneta, definiu o programa de imunização do Brasil como um dos maiores do mundo. “Faz 33 anos que trabalho nas campanhas de vacinação e acredito muito neste programa, que foi capaz de reduzir os índices de mortalidade no país, erradicar doenças como a pólio e a varíola, e também combater tantas doenças que podem ser controladas pela vacina”, disse Kaneta.

Kaneta considera muito preocupante a cultura da não vacinação divulgada nas redes sociais que, segundo ele, é um dos fatores responsáveis pelo ressurgimento de muitas doenças que estavam sob controle, como o sarampo. “Por isso, a importância desta campanha e do Dia D que consiste numa mobilização para atrair as pessoas para a imunização”, destacou Kaneta.

A campanha de vacinação contra a gripe segue até o dia 31 de maio. As doses estão disponíveis em 23 UBSs de Apucarana, de segunda a sexta-feira, de 8h30 a 16h30. A meta na cidade é imunizar 40.480 pessoas. De acordo com balanço divulgado ontem (3) pela AMS, a cobertura no município chegou a 44,7%.

A vacinação contra a gripe é destinada aos grupos prioritários formados por idosos (a partir de 60 anos); crianças 6 meses a 6 anos incompletos; gestantes; trabalhadores de saúde; povos indígenas; puérperas (mulheres até 45 após o parto); professores, pessoas portadoras de doenças crônicas e outras categorias de risco clínico; população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional; e profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

Neste ano, até 20 de abril, foram registrados 427 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza em todo o país, com 81 óbitos.

 

COBERTURA DE CADA GRUPO PRIORITÁRIO ATÉ O MOMENTO ATÉ 3  DE ABRIL:

IDOSOS: meta 15.227, vacinados 8.477 = 55,67%

TRABALHADORES DA SAÚDE: meta 1.983, vacinados 500 = 25,21%

PUÉRPERAS: meta 209, vacinadas 149= 71,29%

PROFESSORES: meta 1.471, vacinados 713= 48,47%

GESTANTES: meta 1.273, vacinadas 798= 62,69%

CRIANÇAS: meta 8.897, vacinadas 4.152= 46,67%

PORTADORES DE DOENÇAS CRÔNICAS: meta 11.247

Conforme estabelece o Ministério da Saúde, os portadores de doenças crônicas não entram no cálculo do índice de cobertura vacinal.

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens