Carregando...

Alerta!

logo Avaliação coletiva encerra primeira fase da revisão do Plano Diretor - Notícias - AN Notícias Avaliação coletiva encerra primeira fase da revisão do Plano Diretor - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Setembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Cliente - Dia da Independência da América Central - Dia do Musicoterapeuta - Dia de Nossa Senhora das Dores -
16/05/2019 01h52

Avaliação coletiva encerra primeira fase da revisão do Plano DiretorEncontro verificou se as metas propostas em 2008, quando foi feita a última revisão, foram ou não cumpridas

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Os objetivos, diretrizes e proposições apresentadas em 2008, quando foi feita a última revisão do Plano Diretor de Apucarana, estão sendo avaliadas. Uma série de reuniões setoriais, programadas ao longo desta quinta-feira (16/05), verificou se as metas propostas há 10 anos foram ou não cumpridas e também promoveu a capacitação das equipes envolvidas. Os encontros técnicos encerram a primeira fase da revisão, abrindo caminho para a segunda etapa que culminará com um diagnóstico da cidade e a definição das novas metas.

A primeira reunião ocorreu na manhã desta quinta-feira, no salão nobre da Prefeitura, envolvendo a Equipe Técnica Municipal, membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e profissionais da DRZ – Gestão de Cidades, empresa de consultoria contratada pelo Município.

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, participou da abertura dos trabalhos e lembrou que a revisão do Plano Diretor ocorre a cada 10 anos. “É um exercício de pensar o agora e o futuro. Muitas coisas transformadoras acontecem em uma década. Há 10 anos não existia o whatsapp que mudou a forma das pessoas se comunicarem”, ilustra.

Junior da Femac disse que a sociedade organizada tem toda a liberdade para definir as metas, mas defendeu que a revisão “pense grande” a Apucarana dos próximos 10 anos. “Para acelerar a duplicação da rodovia no trecho urbano entre o estádio e as imediações da Indústria Têxtil, o Município vai arcar com a elaboração do projeto, no valor de R$ 360 mil. É um investimento que nos propomos a fazer para agilizar a obra, que contará com recursos do governo do Estado no valor de R$ 5 milhões. É dessa forma que pensamos Apucarana”, exemplifica.

De acordo com o prefeito, a revisão é uma oportunidade de reavaliar todas as leis que compõem o Plano Diretor, como as legislações sobre Zoneamento, Código de Obras, Perímetro Urbano, Sistema Viário e Código de Posturas. “Esse conjunto de leis define as regras de convivência dentro da nossa cidade”, resume.

O prefeito afirma que, além de cuidar dos interesses dos seus cerca de 135 mil habitantes, Apucarana tem responsabilidade regional. “Pessoas do Vale do Ivaí vêm para Apucarana, seja para comprar no comércio, buscando serviços de saúde ou atraídos pelas faculdades e universidades”, frisa Junior da Femac.

A avaliação coletiva considerou as metas elencadas nas diversas áreas na revisão de 2008, verificando se foram cumpridas totalmente ou parcialmente ou se não saíram do papel. “O grupo informou, por exemplo, que as melhorias na estrutura física das escolas e centros de educação infantil foram executadas, enquanto  a construção do novo cemitério é uma meta cumprida parcialmente e que a construção de um novo paço municipal é uma obra que ainda não foi projetada”, exemplifica o arquiteto e urbanista da  DRZ – Gestão de Cidades, Humberto Carneiro Leal.

Conforme Humberto, no período da tarde estava prevista uma reunião de capacitação com equipes que estão participando da revisão e uma reunião de coordenação. “Com isso, encerramos a primeira fase de revisão do Plano Diretor, chamada de mobilização, e passaremos para a fase de Análise Temática Integrada que vai fazer um diagnóstico da cidade e nortear as diretrizes para os próximos 10 anos”, explica o arquiteto e urbanista.

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens