Carregando...

Alerta!

logo Barbaridade: JR da Femac vai gastar mais de R$ 325 mil em shows enquanto bairros estão sem médicos - Notícias - AN Notícias Barbaridade: JR da Femac vai gastar mais de R$ 325 mil em shows enquanto bairros estão sem médicos - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 22 de Setembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia do Contador - Dia da Banana - Dia da Juventude - Dia da Defesa da Fauna - Dia do Ciclista - Dia dos Amantes -
20/01/2020 06h14

Barbaridade: JR da Femac vai gastar mais de R$ 325 mil em shows enquanto bairros estão sem médicos Jardim Colonial, João Paulo, Vila Reis, Vila Apucaraninha estão com falta de médicos nessa semana

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Depois do diretor da Autarquia Municipal de Apucarana, Marcelo Viana falar com a reportagem do AN Notícias (veja a matéria nesse link) com o jornalista Victor Hugo Magalhães na última quarta-feira (15), ao pedir desculpas aos moradores do João Paulo I na Zona Oeste, e para os moradores do Distrito do Pirapó, pela falta de médicos nos postos onde populares estão procurando a Imprensa para reclamar, é a vez do Jardim Colonial na Zona Leste ter seus moradores cobrarem médicos nos postos que neste mês de Janeiro está sem atendimentos, o que é um absurdo na gestão JR da Femac e Beto Preto.
 
Enquanto está faltando médicos nos postos de Apucarana, o prefeito JR da Femac que vai concorrer à reeleição, vai gastar em Shows na cidade de Apucarana nesta semana no aniversário de 76 anos da cidade, segundo o diário oficial desta última semana dia (17), mais de R$ 325 mil reais só em shows, fora outros gastos que a festa irá acarretar, serão pagos pela Prefeitura de Apucarana nos shows gratuitos.
 
O Movimento Brasil Livre (MBL de Apucarana), repudiou os  os valores altos pagos por JR da Femac aos cantores, conforme publicação neste final de semana em suas redes sociais.
 
O AN Notícias irá divulgar numa próxima matéria os editais de contratação dos shows de Bruno e Marrone, Vitor & Vanutti e Marcos Paulo & Marcelo nesta semana.
 
Com esses valores astronômicos muitos médicos poderiam ser contratados por um prazo de seis meses na rede pública de Saúde de Apucarana.
 
Nos bairros Jardim Colonial, João Paulo, Vila Reis, Vila Apucaraninha estão com falta de médicos desde o início de Janeiro.
Fonte: AN Notícias

Galeria de Imagens