Carregando...

Alerta!

logo Beto Preto assina ordem de serviço da 1ª etapa do Parque Industrial da Juruba - Notícias - AN Notícias Beto Preto assina ordem de serviço da 1ª etapa do Parque Industrial da Juruba - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 17 de Outubro de 2018

SAIBA MAIS

Dia da Vacinação - Dia da Indústria Aeronáutica Brasileira - Dia do Orientador e Dia de São Florentino -
14/05/2018 09h39

Beto Preto assina ordem de serviço da 1ª etapa do Parque Industrial da JurubaCom estrutura projetada no conceito de cidade industrial, área terá 237 lotes para empresas, com investimentos de R$ 10 milhões

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Principal projeto dentro da política de expansão industrial da atual gestão municipal, o prefeito Beto Preto assinou na tarde desta sexta-feira (11), em ato oficial no gabinete municipal, a ordem de serviço autorizando a empresa vencedora da licitação para dar inicio às obras de pavimentação asfáltica, meio-fio e galerias pluviais do Parque Industrial da Juruba. A primeira etapa do empreendimento, projetado para 237 lotes com metragens entre mil e dois mil metros quadrados, consiste na liberação de 31 lotes.

A empresa Romo Pavimentadora Ltda foi à vendedora do processo licitatório e terá 180 dias para conclusão da obra. O investimento para esta fase inicial é de R$ 535.623,98 mil com recursos do próprio município. Já a estimativa da prefeitura para a estruturação completa do parque – que será feita em quatro etapas – é de que serão necessários cerca de R$10 milhões.

Serão feitos aproximadamente oitocentos metros lineares de pavimentação, meio-fio e galerias em três ruas inicialmente. As ruas terão entre 12 e 15 metros para manobras de caminhões e carretas, além de rotatórias e calçadas.

“Este parque industrial vai impulsionar ainda mais o potencial econômico de Apucarana e, consequentemente, a geração de emprego e renda para nossas famílias”, disse o prefeito Beto Preto. “Ao contrário do que ocorreu em um passado recente, a cidade conta hoje com o trabalho de uma gestão que não quer atrapalhar a vida dos empresários, e sim criar condições favoráveis e juntar forças para que Apucarana se desenvolva ainda mais”, destacou o prefeito.

Conforme avaliou Beto Preto, tem sido gratificante planejar realizar investimentos para Apucarana, aplicando o dinheiro público com responsabilidade e na certeza de obter resultados positivos. “Vamos priorizar estes lotes para empresas de pequeno e médio porte, por que são as que efetivamente movem a economia”, anunciou o prefeito.

Estrutura de “cidade industrial”

O Parque Industrial da Juruba será construído no conceito de Cidade Industrial e está sendo implantado em um terreno de 23 alqueires junto à BR-376, na região Sul de Apucarana, saída para Curitiba. Com área total de 556 mil metros quadrados, o terreno fazia parte da antiga Fazenda Juruba. “A prefeitura adquiriu esse terreno por R$ 1 milhão, mas o seu valor comercial é superior a R$ 4 milhões”, informou o prefeito.

O evento contou com a participação de empresários e vereadores, que parabenizaram a gestão pelo projeto. O empresário Armando Boscardin afirmou que “o maior trabalho social que uma autoridade pode fazer é oferecer emprego, simplesmente doar não leva nada a ninguém. Gerar emprego é um trabalho social permanente. Apoiar e atrair indústrias também aumenta a arrecadação e contribui para a prefeitura executar as obras que Apucarana necessita. Parabéns ao prefeito Beto Preto e sua equipe pelo projeto deste novo parque industrial”, declarou Boscardin.

O presidente da Acia, Jayme Leonel, cumprimentou o prefeito Beto Preto pelo novo parque industrial que começa a ser estruturado. “Todo investimento na industrialização é relevante, pois a melhor ação do poder público na área social é a geração de emprego e renda”, destacou Leonel, elogiando a localização estratégica do Parque da Juruba, na saída para Curitiba.

A presidente do Sivale, Elisabete Ardigo, agradeceu, em nome do empresariado de Apucarana, a conquista do novo parque industrial na região Sul da cidade. “Se instalar num parque com esta estrutura é um sonho para os empreendedores, considerando toda a estrutura pronta e o conceito de cidade industrial”, avaliou Elisabete, acrescentando que os funcionários da sua empresa têm elogiado a prefeitura pela qualidade das escolas e creches de Apucarana.

O vice-prefeito Junior da Femac enalteceu os investimentos que a gestão realizou com o novo Plano Diretor, que impulsionou a verticalização na construção civil, a formalização de cerca de quatrocentas pequenas empresas, e agora com o início da estruturação do Parque da Juruba,c om o conceito de “Cidade Industrial”.

O secretário da fazenda, Marcello Machado, anunciou a formalização de um contrato com a Agência Paraná Desenvolvimento, estabelecendo diretrizes e estratégias para impulsionar o setor industrial. “A Apucarana do passado ficou para trás, nós trabalhamos compromissados com o futuro, mesmo com os obstáculos – dívidas e precatórios – deixados pelas gestões anteriores”, ponderou Machado.

Além de secretários municipais, empresários e dos vereadores Lucas Leugi, José Airton “Deco” de Araújo, Francisley “Poim” Godoi, Antônio Marques da Silva (Marcos da Vila Reis) e Márcia Sousa, a solenidade contou com a presença de representantes da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (ACIA), na pessoa do seu presidente, Jayme Leonel; de Elisabete Ardigo, presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Apucarana e Vale do Ivaí (Sivale); de Adam Lenharo, presidente da Associação dos Empresários do Contorno Sul de Apucarana; e dos empresários Aldevino da Cruz Marques (Val) e Sebastião Fante. Também participaram representantes das empresas Isaías A. Oliveira Confecção, Padova Indústria e comércio de EPIS, Indústria e Comércio de Alimentos Caldani Ltda, Rhinosize Confecções Ltda e Ramos Indústria e Comércio de Confecções.

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens