Carregando...

Alerta!

logo Beto Preto entra em polêmica com a Câmara de Apucarana após entrevista em Rádio - Notícias - AN Notícias Beto Preto entra em polêmica com a Câmara de Apucarana após entrevista em Rádio - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 12 de Dezembro de 2019

SAIBA MAIS

Aniversário de Belo Horizonte - Dia da Bíblia - Dia de Nossa Senhora de Guadalupe Dia de Santa Dionísia -
18/11/2019 11h24

Beto Preto entra em polêmica com a Câmara de Apucarana após entrevista em RádioEx prefeito de Apucarana e defensor da vereadora Marcia Souza investigada no MP de Apucarana, diz que “ela sofre machismo na Câmara”

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O ex prefeito de Apucarana e atual secretário de estado da Saúde Beto Preto (PSD), concedeu uma entrevista ao vivo neste final de semana de feriado prolongado da Proclamação da República, e falou na Rádio Nova AM que os atuais vereadores e servidores do legislativo municipal estariam praticando machismo com a única vereadora dessa legislatura, vereadora Marcia Souza (PSD), a qual foi sua secretária no primeiro mandato da assistência social e a qual junto com Beto Preto responderam por um processo eleitoral por ato de improbidade administrativa na promotoria pública de Apucarana. Relembre o processo de Marcia Souza e Beto Preto aqui.
 
As declarações do atual secretário de Ratinho JR, não agradou a presidência da Câmara de Luciano Molina (REDE), aliado de Beto Preto e nem do procurador jurídico da Câmara Danilo Acioli, devido as palavras de Beto Preto ser praticamente direcionada aos dois, pois recentemente Marcia Souza teve um desentendimento com ambos na Imprensa de Apucarana. Relembre o caso aqui.
 
As declarações de Beto Preto pesaram no grupo e pegou todos de surpresa, pois elas foram entendidas como uma provocação e defesa da sua vereadora, a qual teve o apoio do ex alcaide.
 
Nos últimos meses os nove vereadores que fazem parte da base do grupo de Beto Preto e JR da Femac, vem apresentando desentendimentos na Câmara de Apucarana e nos bastidores dela, o que mostra que o grupo não fala a mesma língua já há certo tempo.
 
Também para finalizar seus ataques contra a Câmara de Apucarana neste final de semana, Beto Preto disse que funcionários do poder legislativo, e aqui ele não citou nomes, estão fazendo engavetamentos de projetos e de prestações de contas de ex prefeitos no poder legislativo, e que isso não deveria ocorrer, e que se caso os mesmos não resolverem enviar as contas para votação para aprovação ou reprovação, que ele irá dar nomes dos mesmos na Imprensa.
 
Pelo que se vê, depois que Beto Preto deixou a prefeitura, os ânimos dentro do seu grupo não são mais os mesmos, e isso deve ter reflexos na eleição do ano que vem. É aguardar para ver!
Fonte: AN Notícias

Galeria de Imagens