Carregando...

Alerta!

logo Fábrica vai produzir abas de bonés com material reciclável em Apucarana - Notícias - AN Notícias Fábrica vai produzir abas de bonés com material reciclável em Apucarana - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Setembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Cliente - Dia da Independência da América Central - Dia do Musicoterapeuta - Dia de Nossa Senhora das Dores -
05/06/2019 10h25

Fábrica vai produzir abas de bonés com material reciclável em ApucaranaA empresa, que foi inaugurada neste final de semana, está investindo mais de R$ 1 milhão e vai gerar 15 empregos

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
A Abafort Indústria de Abas para Bonés vai contribuir para a retirada de cerca de 50 toneladas de recicláveis por mês da natureza. O material será transformado em matéria-prima para a produção mensal de um milhão e 800 mil abas, utilizadas na confecção de bonés. A empresa, que foi inaugurada neste final de semana, está investindo mais de R$ 1 milhão e vai gerar 15 empregos.
  O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, e o secretário municipal de Indústria e Comércio, Edison Estrope, estiveram presentes na inauguração. “Além do serviço que estará prestando para o meio ambiente, processando 50 toneladas de recicláveis por mês, a empresa vai gerar empregos e impostos”, frisa Junior da Femac.

O  prefeito de Apucarana afirma que o empresário Dionísio Mendes, proprietário da Abafort, é exemplo de que as empresas instaladas no município também estão se fortalecendo. “O Dionísio é proprietário de quatro empresas, no ramo de fabricação de componentes para calçados de segurança, frascos e tampas para a indústria de detergentes. Agora, a Abafort será a quinta dirigida pelo empresário, mostrando que as empresas locais também estão se fortalecendo e expandindo as atividades”, salienta Junior da Femac.

O empresário afirma que o empreendimento está localizado no Parque Industrial Oeste, em um barracão com área de 1.550 metros quadrados. “A nossa matéria é o polietileno, que vem da reciclagem de embalagens de detergente, água sanitária, sucos e amaciantes, entre outros”, afirma Dionísio Mendes, estimando que em torno de 30% a 40% dos recicláveis virão de Apucarana e o restante será fornecido por empresas de reciclagem localizados em outros municípios.

O empresário afirma ainda que, além de Apucarana, a Abafort vai comercializar as abas em outros estados, como Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Norte.

 

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens