Carregando...

Alerta!

logo Hospital da Providência emite nota sobre morte de Mãe que ficou no Materno - Notícias - AN Notícias Hospital da Providência emite nota sobre morte de Mãe que ficou no Materno - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 16 de Novembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia Internacional da Tolerância - Dia Contra o Tabaco - Dia de Santo Edmundo -
05/06/2018 05h46

Hospital da Providência emite nota sobre morte de Mãe que ficou no MaternoMãe morreu após parto em Apucarana nesta semana e caso ganhou repercussão

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Em Apucarana, a morte de uma mulher, no Providência Materno Infantil, de Apucarana,  de nome  Aline Aparecida da Silva, de 29 anos, residente no Jardim Esperança (Apucarana), repercutiu nas redes sociais.  

O seu falecimento foi anunciado no dia 03 de junho, de 2018. Ela estava internada, segundo a família,  há dois dias (Dia 1º e 02 de junho), após dar a luz a uma criança, no dia 17 de junho, quando ficou também dois dias (17 e 18 de junho). Segundo matéria divulgada pelo Canal de TV 38, o  laudo da causa da morte  apontou infecção urinaria;  choque séptico, que é uma espécie de infecção generalizada e puerpério. Em canais, como o Facebook, algumas amigos e familiares pediram justiça e, como era de se esperar,  demostraram revolta com o ocorrido.  A jovem deixou o filho recém-nascido, mais três filhos menores e o esposo.  O Materno Infantil fez uma nota de esclarecimento e encaminhou ao AN Notícias nesta terça-feira (05).

 NOTA DE ESCLARECIMENTO    
         
O Hospital da Providência Materno Infantil presta esclarecimento sobre o falecimento da  paciente Aline Aparecida da Silva.  A paciente deu entrada na Maternidade de Apucarana no dia 17 de maio, onde por parto normal, teve seu filho. O Hospital Materno Infantil reitera que a paciente não realizou nenhum procedimento invasivo e que o parto ocorreu sem nenhuma intercorrência. Aline e seu filho, foram avaliados e estando saudáveis, receberam alta médica no dia 18 de maio. Esclarecemos que durante seu internamento, a paciente não apresentou nenhum quadro de infecção.  No dia 01 de junho, Aline foi encaminhada ao Pronto Socorro do Hospital da Providência. Foi avaliada, passou por exames laboratoriais e de imagem, onde constatou-se uma pielonefrite evoluindo com choque séptico, sendo encaminhada para a UTI da Instituição. O Hospital da Providência e Hospital Materno Infantil informam que a paciente recebeu toda assistência necessária durante seu internamento no dia 17 e 18 de maio e nos dias 1 e 2 de junho, 16 dias após o parto. A equipe dos Hospitais lamenta e se solidariza com a família.
Fonte: AN Notícias com Assessoria Providência

Galeria de Imagens