Carregando...

Alerta!

logo Início da vacinação contra gripe é adiado - Notícias - AN Notícias Início da vacinação contra gripe é adiado - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Dezembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia do Atleta Profissional e Dia de São Nemésio -
06/04/2018 01h03

Início da vacinação contra gripe é adiadoData foi alterada do dia 16 para 23 de abril e o Dia D acontece em 12 de maio

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O Ministério da Saúde alterou para uma semana depois o início da Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe. A mudança foi divulgada hoje pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana, informando à população que a vacinação começa dia 23 de abril e não dia 16 como foi anteriormente noticiado.

O fim da campanha, consequentemente, muda de 25 de maio para 1º de junho, com o Dia ‘D’, data da mobilização nacional marcado para 12 de maio. As novas datas constam em ofício transmitido pelo Ministério da Saúde à 16ª Regional de Saúde de Apucarana.

De acordo com o Ministério da Saúde, apesar dessa alteração, motivada por demora na entrada das doses, a campanha será realizada no período considerado ideal (abril e maio), antes do pico de transmissão do vírus Influenza no Brasil, que ocorre no mês de julho.

A vacina de 2018 contém três tipos de cepas: H1N1 e H3N2 (ambas do vírus influenza A) e PHUKET (similar ao vírus influenza B). O diretor presidente da Autarquia Municipal de Saúde (AMS), de Apucarana, Roberto Kaneta, explica que as duas primeiras cepas já contavam na composição da vacina nos anos anteriores e a PHUKET vem substituir a BRISBANE.

“As modificações são necessárias porque há inúmeras cepas do vírus da gripe, que sofre mutações constantes e em determinados períodos alguns tipos predominem sobre outros”, complementa Kaneta.

O público-alvo prioritário da campanha contra a Influenza é o mesmo das campanhas anteriores, ou seja, crianças de 6 meses a 5 anos (4 anos 11 meses e 29 dias);  gestantes;  puérperas (até 45 dias pós-parto); idosos a partir de 60 anos;  povos indígenas;  adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas sócio-educativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;  trabalhador de saúde dos serviços públicos e privados; professores ativos de escolas públicas e privadas (ensino infantil, fundamental, médio e ensino superior).

Também são imunizadas pessoas de 5 a 59 anos portadoras de doenças crônicas e condições especiais, para as quais se mantém a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacinação.

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens