Carregando...

Alerta!

logo Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica premia 1.434 alunos de Apucarana - Notícias - AN Notícias Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica premia 1.434 alunos de Apucarana - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 10 de Dezembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Palhaço - Dia da Declaração Mundial dos Direitos Humanos - Dia dos Povos Indígenas e Dia de São Melquíades -
27/11/2019 10h46

Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica premia 1.434 alunos de ApucaranaUma grande festa no ginásio esportivo Lagoão, marcou a entrega das medalhas

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

A Prefeitura de Apucarana realizou, na noite de ontem (26), no ginásio esportivo Lagoão, a cerimônia de premiação dos alunos que se destacaram na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Na edição deste ano, as crianças da rede municipal de ensino conquistaram 1.434 medalhas no concurso, sendo 586 de ouro, 484 de prata e 364 de bronze.

“Foi uma festa digna do tamanho da conquista dos alunos da rede municipal, com expressiva participação das famílias. Cumprimento a secretária Marli Fernandes e aos diretores, coordenadores e professores das escolas pelo excelente trabalho que estão fazendo. A conquista de um número tão grande de medalhas significa que os investimentos que temos feito na educação têm alcançado os resultados esperados. Acredito sinceramente na formação de uma geração vencedora para o futuro de Apucarana”, disse o prefeito Júnior da Femac.

Cerca de 800 mil estudantes brasileiros submeteram-se à prova da OBA em 2019. A quantidade de premiados foi de 49.648 em âmbito nacional, 3.368 no Paraná e 1.434 em Apucarana. “Em outras palavras, nossos alunos são responsáveis por mais de 40% de todas as medalhas do estado,” assinala o prefeito.

A aluna Beatriz Carolina Tomaz Alves da Silva, do 4º ano, da Escola Municipal Professor Durval Pinto, conquistou uma medalha de prata. “Eu estou muito feliz porque é a primeira vez que sou premiada nessa olimpíada. Eu achei fáceis as questões sobre planetas, mas tinha algumas a respeito de satélites que estavam um pouco difíceis,” comentou.  As notas de corte da OBA foram: 9,0 para medalha de bronze, 9,4 para prata e 9,8 para ouro.

A secretária municipal de educação, Marli Fernandes, fez uma breve retrospectiva do desempenho das crianças apucaranenses nas últimas edições da olimpíada. “Os conteúdos de astronomia e astronáutica sempre despertam o interesse dos pequenos, por isso nós incentivamos a participação deles no concurso. Os nossos alunos ganharam 220 medalhas em 2014, 446 em 2015, 823 em 2016, 1.002 em 2017, 1.306 em 2018 e agora a surpreendente quantia de 1.434 em 2019” detalhou.

No ano passado, Apucarana foi a terceira cidade brasileira com o maior número de medalhas na OBA. “Nós ficamos atrás apenas das capitais dos estados de São Paulo e do Ceará,” lembrou a secretária.

Durante a cerimônia de ontem (26), Júnior da Femac ainda anunciou que os alunos da rede municipal (ensino básico) terão aulas de espanhol a partir do próximo ano. O inglês já é ensinado nas escolas desde 2014. “O Brasil faz fronteira com sete países que falam a língua espanhola e nossas relações comerciais são impulsionadas pelo Mercosul. Faz todo o sentido que as crianças aprendam esse idioma se quisermos profissionais bem preparados para o mercado de trabalho no futuro,” afirmou. Uma parceria entre a Prefeitura de Apucarana e a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) foi firmada para viabilizar a implantação da disciplina no currículo dos anos iniciais do ensino fundamental.

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens