Carregando...

Alerta!

logo Polêmica em Apucarana: Advogado critica fechamento de Zona do 28 pela Polícia - Notícias - AN Notícias Polêmica em Apucarana: Advogado critica fechamento de Zona do 28 pela Polícia - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 10 de Dezembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia do Palhaço - Dia da Declaração Mundial dos Direitos Humanos - Dia dos Povos Indígenas e Dia de São Melquíades -
13/02/2017 12h55

Polêmica em Apucarana: Advogado critica fechamento de Zona do 28 pela PolíciaCandidato em 2016 a Vereador, Advogado Cirineu Dias criticou fechamento de casa de prostituição e atacou Polícia Civil

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Nesta semana a Polícia Civil de Apucarana realizou o fechamento de uma casa de prostituição, conhecida como a Zona do 28 de Janeiro, bairro Nobre no centro de Apucarana, onde várias garotas de programa e a dona da residência alugada, foram detidas e encaminhadas para a DP de Apucarana.
 
A ação da Polícia Civil aconteceu devido a reclamações de vizinhos que estão revoltados com a grande movimentação, e festas até altas horas, onde até a denúncia de tráfico de drogas estaria ocorrendo dentro do local.
 
A notícia correu nas redes sociais e rendeu vários comentários, porém teve gente que defendeu o trabalho das prostitutas, um exemplo disto foi o advogado ex-prefeito de Califórnia e candidato a Vereador em 2016 em Apucarana, Cirineu Dias.
 
Cirineu procurou a Rádio Nova AM para falar do assunto, e criticou veementemente a atitude da Polícia Civil de Apucarana. Os comentários do advogado renderam críticas nas redes sociais, e fez com que até o colega de profissão Advogado criminalista João Batista Cardoso, fosse até a emissora criticar a atitude do advogado em relação ao fechamento da Zona do 28.
 
Para João Batista Cardoso, o colega de profissão “errou ao criticar a atitude da Polícia Civil, pois a lei proibi esse tipo de local, e a Polícia Civil estava cumprindo uma ordem judicial”, comentou o advogado.
 
Um fato que chamou a atenção é que várias autoridades e empresários frequentavam a casa, inclusive uma agenda com os nomes dos clientes e contatos estavam anotadas foi apreendida. A casa continha piscina, vários quartos, churrasqueira e é claro, uma matéria prima de primeira qualidade, com mulheres bonitas, novas e corpos esculturais. Tanto é que depois do fechamento da casa as fotos de várias das mulheres da Zona do 28 vazaram na internet.
 
O advogado Cirineu Dias que é uma persona polêmica entrou nesta dividida com a Polícia Civil de Apucarana, e gerou polêmica ao falar do fato, dizendo que “a prostituição não é crime, e que as mulheres estavam trabalhando e estão lá por que querem, e que a Polícia Civil tinha que prender ladrão, e não prostitutas”, comentou Cirineu Dias.
 
Cirineu Dias disse que já saiu com prostitutas e não se arrepende, e que não é advogado das mulheres da Zona do 28 de Janeiro, mas que se solidarizou com as prisões das mulheres”.
 
Ouça o que disse Cirineu Dias na última sexta-feira na Rádio Nova AM de Apucarana.
Fonte: AN Notícias

Galeria de Imagens