Carregando...

Alerta!

logo Prefeito decreta luto oficial pela morte do escritor Francisco Soares Dias Sobrinho - Notícias - AN Notícias Prefeito decreta luto oficial pela morte do escritor Francisco Soares Dias Sobrinho - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 18 de Novembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia Nacional de Combate ao Racismo - Dia da Dedicação da Basílica de São Pedro e São Paulo -
09/09/2019 03h12

Prefeito decreta luto oficial pela morte do escritor Francisco Soares Dias SobrinhoO primeiro jornalista de Apucarana, “Seo Chiquinho”, estava com a saúde fragilizada e veio a óbito na manhã deste domingo

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O prefeito Sebastião Ferreira Martins Junior, o “Junior da Femac”, decretou luto oficial por três dias em Apucarana, em decorrência do falecimento do jornalista, escritor e historiador, além de pioneiro no município, Francisco Soares Dias Sobrinho, o “Seo Chiquinho”, como era carinhosamente chamado por todos.

“Em nome dos apucaranenses manifestamos nosso profundo pesar pela lamentável perda, do pioneiro, jornalista e escritor Francisco Soares Dias, figura ímpar e de renomado respeito no Município. Trata-se do autor de vários livros que narram a história de Apucarana e também responsável por outros feitos extraordinários, que valorizaram nossa cidade”, comentou o prefeito Junior da Femac.

O pioneiro nasceu em Minas Gerais, na cidade de Cachoeira Alegre, e chegou ao Norte do Paraná em 1951. Desde o início ele esteve engajado em segmentos organizados da sociedade local. E, como demonstrando seu respeito e paixão por Apucarana, Seo Chiquinho narrou a historia de Apucarana no seu primeiro livro: “Apucarana Uma História de Sucesso no Norte do Paraná”. Depois foi autor de outros livros, incluindo o que narra a história da Diocese de Apucarana.

Francisco Soares Dias Sobrinho atuou como assessor na Fundação Cultural de Apucarana; assessor de imprensa na Câmara Municipal de Apucarana; presidente do Instituto do Cego; e Secretário da Cultura na Gestão do ex-prefeito Voldimir Mirão Maistrovicz, entre outros cargos que ocupou.

O jornalista também foi o responsável direto pelo concurso visando a criação e posterior gravação do Hino de Apucarana. Ele também era membro da Academia de Letras, Artes e Ciências Centro Norte do Paraná.

Seo Chiquinho deixa a esposa Maria de Lourdes Freitas Dias e as filhas Regina Celi Dias Sobrinho e Cristina Brilha, e o filho Dr. Francisco Soares Dias Filho, Procurador de Justiça, além de netas e netos. O corpo do pioneiro está sendo velado na Capela Mortuária Central e será sepultado na manhã desta segunda-feira (9), às 09 horas, no Cemitério Municipal Cristo Rei.

Fonte: AN Notícias com PM Apucarana

Galeria de Imagens