Carregando...

Alerta!

logo Promotor de Apucarana pede que presidente da Câmara abaixe salário de 25 mil reais de servidor - Notícias - AN Notícias Promotor de Apucarana pede que presidente da Câmara abaixe salário de 25 mil reais de servidor - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 25 de Outubro de 2021

SAIBA MAIS

Dia da Democracia - Dia da Construção Civil - Dia das Missões - Dia da Saúde Dentária - Dia Nacional do Dentista -
14/09/2021 01h24

Promotor de Apucarana pede que presidente da Câmara abaixe salário de 25 mil reais de servidorServidor estaria ganhando quase o mesmo salário do Prefeito de Apucarana, um dos maiores do Brasil

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
A farra de salários dentro da atual Câmara de Apucarana administrada pelo presidente do poder legislativo Francislei Preto, primo do ex prefeito de Apucarana e atual secretário de Estado da Saúde do Paraná Beto Preto, é uma vergonha.


Segundo uma denúncia feito na 4ª Promotoria Pública do Patrimônio Público de Apucarana, na competência do Promotor Eduardo Augusto Cabrini, foi enviado para a Câmara de Apucarana um ofício número 115/2021 exigindo que o primo de Beto Preto, presidente da Câmara tome uma atitude urgente, e abaixe um dos salários dos servidores de carreira da casa do povo apucaranense mais altos dos últimos tempos.


"Conforme a Promotoria de Apucarana foram identificadas situações que
podem vir a indicar grave ofensa ao princípio da isonomia e impessoalidade
(a seguir discriminadas), razão pela qual devem ser averiguadas pela Câmara
Municipal de Apucarana". O ofício foi encaminhado dia 23 de Agosto, e só nesta quarta-feira que os vereadores devem tomar uma posição, depois da data exigida pelo MP que seria de 20 dias para solucinar o problema.


Conforme a nota do MP um dos servidores estaria ganhando mensalmente R$ 25 mil reais, quase o salário do atual Prefeito de Apucarana JR da Femac, que ganha um dos maiores salários de Prefeito do Brasil.


Poim como é chamado, terá que mostrar para o Apucaranense que a Câmara de Apucarana "não é a casa da Mãe Joana", conforme diz o ditado popular.


Outros Casos em 2021


Lembrando que quando assumiu esse mandato, o mesmo presidente da Câmara primo de Beto Preto, quis aumentar os salários dos vereadores, e depois de seu Diretor da Câmara Cecílio Luz e seu Assessor Jurídico Daniel Acioli neto do presidente da Igreja Assembleia de Deus de Apucarana.


Em plena pandemia de Covid-19, a Câmara de Apucarana mostra que dinheiro para pagar comissionados e servidores de carreira não é o problema.


Veja a cópia da Notícia de Fato encaminhada na íntegra para a Câmara de Apucarana.
Fonte: AN Notícias

Galeria de Imagens