Carregando...

Alerta!

logo Suposto golpe aplicado por mandaguariense causou prejuízo de mais de R$ 40 mil em Apucarana - Notícias - AN Notícias Suposto golpe aplicado por mandaguariense causou prejuízo de mais de R$ 40 mil em Apucarana - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Dezembro de 2017

SAIBA MAIS

Dia do Esperanto - Dia de São Mesmim - Dia do Jardineiro - Dia do Amigo Secreto e Dia do Jornaleiro -
08/10/2017 12h14

Suposto golpe aplicado por mandaguariense causou prejuízo de mais de R$ 40 mil em ApucaranaProfessor Universitário aposentado teria caído em golpe de prostituta

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

A Polícia Civil da 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana, informou sobre um suposto golpe aplicado por uma mandaguariense a um morador de Apucarana.

O delegado disse que a vítima trata-se de um professor aposentado, que tem 77 anos de idade, e que ministrou aulas em faculdades apucaranenses. De acordo com Jacovós, a família foi quem procurou a delegacia contando que desde 2016 o homem tem feito empréstimo de valores altos no banco e alegou que seria para pagar medicamentos.

No entanto, os filhos do professor acabaram checando a veracidade do argumento e constataram que na verdade ele estava mantendo relacionamento com uma mulher que alegava ter problemas financeiros. A suposta golpista dizia que tinha três filhos e que a mãe dela estava doente, por isso fazia programas sexuais para pagar as contas.

Convencido pelos argumentos da moça, o professor dava dinheiro à ela, e ao todo teria gasto mais de R$ 40 mil para mantê-la, sempre com a promessa de que os dois acabariam morando juntos mais cedo ou mais tarde. Desconfiados, os filhos investigaram a vida da mulher e descobriram que ela seria empresária, casada e moradora de Mandaguari, onde possui uma loja na Avenida Amazonas, e por isso procuraram a Polícia Civil.

Após saber a verdade, o professor também procurou a delegacia e registrou boletim de ocorrência pelo crime de estelionato na manhã de quinta-feira (5). Segundo Jacovós, o nome da acusada está sendo mantido sob sigilo, pois a mulher ainda não foi localizada para prestar depoimento e apresentar sua versão dos fatos.

Fonte: AN Notícias com Agora

Galeria de Imagens