Carregando...

Alerta!

logo Valor pago para travesti gravar vídeo contra JR da Femac teria sido R$ 40 reais - Notícias - AN Notícias Valor pago para travesti gravar vídeo contra JR da Femac teria sido R$ 40 reais - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Novembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia da Proclamação da República - Dia do Jornaleiro - Dia de Santo Alberto Magno - Dia do Esporte Amador -
11/09/2019 12h02

Valor pago para travesti gravar vídeo contra JR da Femac teria sido R$ 40 reaisOuça: mulher que contratou travesti de Minas para difamar prefeito de Apucarana se diz “arrependida”

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
A Polícia Civil de Apucarana da 17ª SDP deverá ouvir novamente nesta quarta-feira (11), a auxiliar de barbearia, Silmara Vanessa de Souza, 28 anos, ela foi a responsável por contratar por R$ 40 reais a travesti youtuber, para difamar em um vídeo o prefeito de Apucarana JR da Femac (PDT).
 
O vídeo viralizou nesta terça-feira (10) nas redes sociais de Apucarana, e um outro vídeo do travesti se retratando rolou após o primeiro vídeo gerar polêmica e parar na Polícia Civil.
 
Silmara Vanessa falou com a Imprensa de Apucarana e se diz estar “arrependida do que fez”. Ela vai responder criminalmente sobre a contratação do vídeo, e responderá também civilmente na Justiça de Apucarana.
 
O Prefeito de Apucarana JR da Femac registou o boletim de ocorrência nesta terça-feira (10).
Fonte: AN Notícias

Galeria de Imagens