Carregando...

Alerta!

logo Sestran alerta sobre proibição da venda e uso de linhas chilenas e cerol - Notícias - AN Notícias Sestran alerta sobre proibição da venda e uso de linhas chilenas e cerol - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 20 de Setembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia do Gaúcho - Dia de Santo André Kim e São Paulo Chong - Dia do Papeleiro - Dia do Coletor de Lixo - Santo Eustáquio -
05/05/2020 12h25

Sestran alerta sobre proibição da venda e uso de linhas chilenas e cerolA Prefeitura de Arapongas, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito (Sestran), alerta a população sobre a proibição da venda e utilização do cerol

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

A Prefeitura de Arapongas, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito (Sestran), alerta a população sobre a proibição da venda e utilização do cerol – mistura de pó de vidro e cola de madeira, e também da linha chilena de óxido de alumínio. Ambos os materiais costumam ser usados para cortar as linhas de outros participantes, numa espécie de desafio entre aqueles que gostam de empinar pipa. Porém, esse tipo de prática traz graves riscos à população, bem como aos animais – especialmente os pássaros. Inúmeras denúncias estão sendo repassadas à Central da Guarda Municipal (GM). “Embora as equipes da GM tenham feito diversas apreensões desses materiais, é sempre válido lembrar que a prática de soltar pipas com linhas de cerol é estritamente proibida em Arapongas. Estamos intensificando as fiscalizações e apreensões para evitar graves acidentes ou até mesmo mortes. Essas linhas trazem riscos inclusive aos pedestres, ciclistas e motociclistas. Soltar pipa é legal, mas com cerol é crime.”, explica o secretário de Segurança Pública, Paulo Argati. 
Para denúncias, ligue: 153 - Guarda Municipal. 
 

“Diga não ao cerol” – Fortalecendo a iniciativa da não utilização das linhas com cerol, foi assinada e publicada pelo prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, a Lei nº 4.800/2019, de 29 de agosto de 2019, que institui o projeto “Diga não ao Cerol”, com sanções para os infratores. Pelo projeto, formulado pela Câmara de Vereadores, fica proibida em todo o município de Arapongas a venda comercial, bem como o uso da linha chilena de óxido de alumínio e silício e cerol. A lei estabelece ainda a punição com multa pecuniária e suspensão temporária por 30 dias do alvará de funcionamento dos estabelecimentos que comercializarem tais materiais e cassado por definitivo em caso de reincidência. A lei frisa também que fica à disposição da Sestran a fiscalização, coibição e apreensão das pipas e linha com cerol que estejam em utilização nas vias públicas pela população.

Fonte: AN Notícias com PM Arapongas