Carregando...

Alerta!

logo Helicóptero que caiu em Candói não estava apto a voar - Notícias - AN Notícias Helicóptero que caiu em Candói não estava apto a voar - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Setembro de 2018

SAIBA MAIS

Semana do Trânsito - Dia da Escola Bíblica - Dia do Ortopedista - Dia de São Januário - Dia do Comprador -
02/09/2014 12h00

Helicóptero que caiu em Candói não estava apto a voarDe acordo com o registro da ANAC, a aeronave tinha documentos vencidos

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O helicóptero que caiu em Candói nesse domingo (31) estava com a documentação irregular, de acordo com o registro na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O Certificado de Aeronavegabilidade (CA) da aeronave de modelo Robinson R44 Raven I, prefixo PTYFD, estava vencido desde o dia 14 de fevereiro de 2013. Já a Inspeção Anual de Manutenção (IAM) estava vencida desde 12 de dezembro de 2012, de acordo com o registro. Portanto, a aeronave não estava apta a operar.

O helicóptero caiu transportando cinco pessoas, além do piloto. No registro da aeronave na ANAC consta que o número máximo de passageiros para esse tipo de veículo aéreo é de apenas três, mais o piloto.

De acordo com a ANAC, se durante as investigações forem comprovadas as irregularidades, os responsáveis podem ser autuados e multados, além da possibilidade de suspensão ou cassação de licenças, habilitações e certificados. Quando o caso é encerrado, o processo também pode ser encaminhado pela ANAC ao Ministério Público Federal (MPF) para análise do caso na esfera criminal.
 

Uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), deve chegar ainda nesta segunda-feira (01) a Candói para investigar as causas do acidente.

O caso

Um helicóptero que fazia voos panorâmicos, durante a Festa do Charque, em Candói, na região Centro-Sul do Paraná, caiu na tarde deste domingo (31). O piloto saiu ileso e os cinco passageiros tiveram ferimentos leves e foram levados ao Hospital Santa Clara em Candói. As duas crianças e três adultos, que estavam na aeronave, tiveram só escoriações, foram atendidos e liberados.

 

Fonte: AN Notícias com Gazeta do Povo

Galeria de Imagens