Carregando...

Alerta!

logo Passageiros de voo desviado após ameaça de bomba chegam ao Brasil - Notícias - AN Notícias Passageiros de voo desviado após ameaça de bomba chegam ao Brasil - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Setembro de 2018

SAIBA MAIS

Semana do Trânsito - Dia da Escola Bíblica - Dia do Ortopedista - Dia de São Januário - Dia do Comprador -
31/03/2015 07h05

Passageiros de voo desviado após ameaça de bomba chegam ao BrasilEles desembarcaram em São Paulo na noite de segunda-feira (30). Tripulação só informou que houve problema técnico, sem relatar a ameaça

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Os passageiros do avião da Turkish Airlines que foi desviado após ameça de bomba em Casablanca, Marrocos, se disseram aliviados com o retorno ao Brasil.

A aeronave, que seguia de Istambul, na Turquia, para o aeroporto de Guarulhos, Grande São Paulo, teve de fazer um pouso de emergência no país africano depois que a tripulação encontrou um bilhete deixado no banheiro com a palavra bomba.

Um dos primeiros a desembarcar foi o jovem Ahmad Jarrah, de 21 anos. "Alívio e uma boa sensação de estar com quem a gente ama", disse, logo depois de abraçar a namorada, Jessica Aquino, de 18 anos.

O rapaz foi morar no Líbano e por lá ficou durante dois meses. Por não aguentar mais de saudade, decidiu voltar para o Brasil. Para bancar a passagem, amigos dele juntaram dinheiro e compraram a paragem de retorno.

Ele e outros passageiros relataram que, durante o primeiro voo, a tripulação só informou que houve um problema técnico, sem relatar a ameaça. "A gente só ficou sabendo pelo pessoal do próprio avião, por comentários. Mas nada oficial. Eles fizeram o correto", disse Ahmad.

Viagem tranquila

Os passageiros elogiaram o profissionalismo da tripulação e disseram que a não divulgação da ameaça foi fundamental para a tranquilidade da viagem. "Todo mundo dormiu no avião. Estava muito calmo", afirmou Joel Anderson, empresário de 52 anos. "Mas a melhor parte da viagem foi o retorno ao Brasil."
 

O economista chileno Francisco Morti só ficou sabendo do ocorrido quando desceu em São Paulo. "Pensei que tinha algo errado com alguém no avião", afirmou, surpreso com o real motivo da "conexão" no Marrocos.

Diretor geral da companhia área, Atagun Kutlyuksel afirmou que a tripulação fez bem ao não relatar a ameaça de bomba. "Explicaram o quanto acharam que deviam explicar", afirmou. "Foi apenas uma pousada de mau gosto."
 

Ele disse que o bilhete com a palavra "bomba", encontrado em um dos banheiros da aeronave, estava escrito em turco.

Após pousar em Cumbica, o avião seguiu de São Paulo para Buenos Aires, na Argentina.

Desvio para Casablanca

O avião da Turkish Airlines que saiu de Istambul, na Turquia, com destino a São Paulo, desviou sua rota para Casablanca, no Marrocos, depois de declarar emergência por conta de uma ameaça de bomba, disse uma porta-voz da companhia nesta segunda-feira (30). Ele pousou em segurança por volta das 9h30 de Brasília.
 

Segundo a imprensa turca, a companhia aérea informou que o alerta ocorreu após um bilhete com a palavra “bomba” ter sido encontrado em um dos banheiros da aeronave. Isso aconteceu logo após a decolagem. Segundo a empresa, "a ameaça não era verdadeira".

O voo decolou às 10h18 de Istambul (4h18 de Brasília). Segundo a "CNN Turk", quando a aeronave chegou ao Norte da África, a tripulação pediu autorização para um pouso de emergência e foi direcionada para Casablanca.

Os passageiros desembarcaram após o pouso e foram levados para as dependências do aeroporto antes da entrada de uma equipe do esquadrão antibombas na aeronave. Segundo um comunicado da empresa, "Os passageiros estão sendo reconduzidos ao embarque. O voo continuará a rota para São Paulo, assim que os serviços de limpeza e reabastecimento da aeronave forem concluídos"
 

Segundo a companhia aérea, é procedimento padrão realizar um pouso de emergência em casos como este. O avião, um Boeing 777, levava 256 passageiros.

Procurada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse não ter informações sobre o voo desviado. Autoridades do aeroporto de Casablanca disseram que o local operava normalmente, e os pousos e decolagens não foram afetados.

A assessoria da imprensa da Turkish Airlines no Brasil divulgou o seguinte comunicado:

"O voo TK-15, da Turkish Airlines, proveniente de Istambul para o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo (B777), com 256 passageiros a bordo, foi desviado esta manhã para o aeroporto Internacional Mohammed V (CMN), em Casabranca (Marrocos), após uma ameaça de bomba.

A investigação na aeronave acaba de ser concluída tendo esclarecido que a ameaça não era verdadeira.

Os passageiros estão sendo reconduzidos ao embarque. O voo continuará a rota para São Paulo, assim que os serviços de limpeza e reabastecimento da aeronave forem concluídos."

 

 

 

 

Fonte: G1