Carregando...

Alerta!

logo No Brasil, STF decide se tatuado pode ser servidor; na Europa, este homem disputou a Presidência - Notícias - AN Notícias No Brasil, STF decide se tatuado pode ser servidor; na Europa, este homem disputou a Presidência - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 22 de Junho de 2018

SAIBA MAIS

Dia Mundial do Fusca - Dia do Orquidófilo - Dia do Aeroviário -
29/10/2015 11h00

No Brasil, STF decide se tatuado pode ser servidor; na Europa, este homem disputou a PresidênciaNa República Tcheca, em 2013, um sujeito com 90% do corpo tatuado foi candidato a presidir o país

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Enquanto o Supremo Tribunal Federal brasileiro decide se é possível que alguém tatuado seja barrado em concursos públicos, outros países discutem se pessoas tatuadas podem chegar à Presidência da República.

Depois que o blog anunciou a ação movida no STF e que julgará se a PM de São Paulo agiu constitucionalmente ao barrar um candidato por ter a perna tatuada, o colega Júlio Filho, repórter desta Gazeta, deu uma dica curiosa.

Na República Tcheca, em 2013, um sujeito com 90% do corpo tatuado foi candidato a presidir o país. E até não se saiu mal: Vladimir Franz fez 350 mil votos, o que lá significa mais ou menos 7% dos eleitores.

Ao jornal britânico The Guardian, Franz disse que suas tatuagens são meramente arte corporal e que a eleição não é um concurso de beleza. “Uma tatuagem é um sinal de livre arbítrio e não prejudica a liberdade de nenhuma outra pessoa”, disse ele.

No Canadá, o primeiro-ministro também tem uma tatuagem no braço. Justin Trudeau, de 43 anos, explicou aos eleitores que se trata de uma tatuagem da tribo Haida, com um corvo e o planeta Terra.

Fonte: AN Notícias com Gazeta do Povo

Galeria de Imagens