Carregando...

Alerta!

logo Coronavírus: Brasil tem 11 casos suspeitos e nenhuma confirmação - Notícias - AN Notícias Coronavírus: Brasil tem 11 casos suspeitos e nenhuma confirmação - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 27 de Setembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia Mundial do Turismo - Dia da Caridade - Dia da MPB - Dia de Santo Adolfo - Dia do Cantor, do Encandor, e do Professor -
05/02/2020 11h01

Coronavírus: Brasil tem 11 casos suspeitos e nenhuma confirmaçãoBoletim médico informa que há quadros em investigação nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (5) que o Brasil tem 11 casos suspeitos de coronavírus. De ontem para hoje, cinco casos foram descartados, um em Santa Catarina e quatro em São Paulo. Outros dois novos quadros em monitoramento em São Paulo e mais um no Rio Grande do Sul entraram para o levantamento.

Os estados com suspeitas da doença são: Rio de Janeiro (1), Rio Grande do Sul (5), Santa Catarina (1) e São Paulo (4). Até o momento, 21 casos já foram analisados e descartados. Destes, três pacientes foram testados em exames específicos para coronavírus e apresentaram diagnóstico negativo. Os outros não chegaram a esse ponto da análise por apresentarem outros tipos de viroses em exames iniciais.

Na China são 20 471 casos já confirmados; no resto do mundo são 159. O epicentro da infecção é na cidade de Wuhan, onde 29 brasileiros serão resgatados pelas Forças Armadas ainda nesta semana. A previsão de chegada é no próximo sábado, 8. Uma vez desembarcados no solo brasileiro, os resgatados passarão por quarentena de 18 dias na Base Aérea de Anápolis (GO).

No boletim também foi informado que o Ministério da Saúde abrirá uma licitação para compra de equipamentos de segurança pessoal, caso de luvas, óculos, roupas e máscaras descartáveis. O valor estimado para a compra é de 140 milhões de reais. A  compra ocorrerá mesmo que nenhum caso seja confirmado. Uma vez que os itens não sejam usados, serão encaminhados a santas casas, hospitais filantrópicos e secretarias de saúde.

Além disso, é prevista a locação de 1 000 leitos de UTI conforme casos confirmados apareçam. O custo estimado está entre 20 milhões e 30 milhões de reais para mantê-los mensalmente — o pagamento ficará a cargo do Governo Federal, por tempo determinado. Ao fim da epidemia de coronavírus, os leitos ficarão definitivamente nos hospitais para os quais foram direcionados.

Fonte: AN Notícias com Veja

Galeria de Imagens