Carregando...

Alerta!

logo Fotos feitas pela PF flagram entrega de propina a Rocha Loures e primo de Aécio - Notícias - AN Notícias Fotos feitas pela PF flagram entrega de propina a Rocha Loures e primo de Aécio - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 21 de Outubro de 2017

SAIBA MAIS

Dia do Contato Publicitário - Dia de Santa Úrsula - Dia Nacional da Somália -
18/05/2017 04h46

Fotos feitas pela PF flagram entrega de propina a Rocha Loures e primo de AécioDeputado paranaense e parente do senador foram indicados por Temer e Aécio para receber dinheiro do grupo JBS

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O colunista Lauro jardim, do jornal O Globo, divulgou com exclusividade fotos feitas pela Polícia Federal (PF) que mostram o flagrante do deputado federal paranaense Rodrigo Rocha Loures (PMDB) recebendo R$ 500 mil em propina – a primeira parcela de um montante prometido de R$ 480 milhões. Rocha Loures havia sido destacado pelo presidente Michel Temer (PMDB) para tratar com Joesley Batista de assuntos do interesse do grupo empresarial JBS.

As cenas mostram a entrega do dinheiro ocorrida em 28 de abril deste ano. É possível ver Rocha Loures se encontrando com o diretor da JBS Ricardo Saud em um café no Shopping Vila Olímpia, em São Paulo. Do café, eles seguem para o restaurante Pecorino, num movimento interpretado como uma forma de despiste. Meia hora depois, os dois se encontram no estacionamento do mesmo shopping. Dentro de um carro, Saud tinha uma mala com R$ 500 mil em notas marcadas pela PF.

O deputado não pega o dinheiro no estacionamento e pede para que eles sigam para a pizzaria Camelo, no bairro dos Jardins. Rocha Loures entra na pizzaria sem nenhuma mala, mas depois deixa o local carregando uma mala preta com, segundo a PF, os R$ 500 mil.

Segundo Lauro Jardim, as cenas filmadas pela Polícia Federal também são devastadoras para o presidente do PSDB, o senador mineiro Aécio Neves. A Polícia Federal filmou o primo de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, pegando, a mando de Aécio, R$ 1,5 milhão em propina — três quartos dos R$ 2 milhões que Aécio pediu, sem saber que era gravado, para Joesley. As cenas abaixo mostram a primeira entrega, ocorrida em 12 de abril deste ano.

Em nota, o advogado José Luis Oliveira Lima, que representa Rocha Loures, diz que, “apesar da divulgação parcial de alguns trechos da investigação, ainda não foi disponibilizado para a defesa o acesso aos procedimentos que tramitam no STF”. “Tão logo se conheça o teor da investigação, todos os esclarecimentos devidos serão apresentados pelo Deputado Rodrigo Rocha Loures. Registramos que o deputado está a disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos devidos.”

Fonte: AN Notícias com Gazeta do Povo

Galeria de Imagens