Carregando...

Alerta!

logo Eleição para prefeito de Curitiba já tem 18 pré-candidatos - Notícias - AN Notícias Eleição para prefeito de Curitiba já tem 18 pré-candidatos - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 24 de Outubro de 2020

SAIBA MAIS

Dia das Nações Unidas - Aniversário de Goiânia - Dia de São Rafael - Aniversário de Manaus e Dia do Sapateiro -
02/01/2020 07h35

Eleição para prefeito de Curitiba já tem 18 pré-candidatosA lista do jornal é encabeçada pelo prefeito Rafael Greca (DEM), que já manifestou a intenção de concorrer à reeleição

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Um levantamento realizado pelo jornal Bem Paraná indica que a corrida sucessória para a Prefeitura de Curitiba já tem 18 pré-candidatos relacionados de uma forma ou de outra por institutos de pesquisas. O PT é o partido que tem o maior número de candidatos a candidato. O prazo final para a indicação dos concorrentes à eleição deste ano está marcado para o dia 5 de agosto, última data das convenções partidárias.

A lista do jornal é encabeçada pelo prefeito Rafael Greca (DEM), que já manifestou a intenção de concorrer à reeleição. Greca tem entre seus trunfos o índice de aprovação de seu governo. Pesquisa IRG divulgada no último dia 16 de dezembro aponta que 60,% dos entrevistados disseram aprovar a gestão do atual prefeito, contra 37,4% que a reprovam.

Segundo o Bem Paraná, o  secretário de Estado da Justiça, Trabalho e Família e deputado federal licenciado, Ney Leprevost (PSD) é outro nome apontado entre os mais competitivos. Ele leva a vantagem de integrar o partido do governador Ratinho Júnior, e o “background” da última eleição, em 2016, quando surpreendeu ao ir para o 2º turno, tirando o então prefeito Gustavo Fruet (PDT) da fase final da disputa. Leprevost acabou derrotado, mas terminou a eleição com mais de 400 mil votos, ou 46% dos votos válidos.

Apesar de ainda não ter assumido publicamente a intenção de entrar novamente na disputa, Fruet também é cotado como nome certo para a eleição deste ano. O ex-prefeito tem usado as redes sociais para criticar a gestão do sucessor, o que sinaliza o desejo de tentar uma revanche para voltar ao cargo. Fruet, porém, terá que disputar a vaga de candidato do PDT com o deputado estadual Goura, que já se colocou como pré-candidato.

O deputado estadual Fernando Francischini (PSL) também aparece nas listas dos institutos de pesquisa como um dos nomes fortes para a eleição na Capital. Entre seus trunfos está a votação recorde para a Assembleia Legislativa, em 2018, quando fez mais de 400 mil votos, impulsionado pela onda que elegeu Jair Bolsonaro para a presidência. A saída de Bolsonaro do PSL pode deixar Francischini sem seu potencial maior cabo eleitoral, dividindo os setores mais à direita.

A lista dos 18 pré-candidatos é a seguinte: Rafael Greca (DEM), Ney Leprevost (PSD) Gustavo Fruet (PDT), Luizão Goulart (Republicanos), João Arruda (MDB), Tadeu Veneri (PT), Zé Boni (PTC), João Guilherme (Novo), Dr.Rosinha (PT), Fernando Francischini (PSL), Luciano Ducci (PSB), Christiane Yared (PL), Maria Victória (PP), Eduardo Pimentel (PSDB), Goura (PDT). Gleisi Hoffmann (PT), Mirian Gonçalves (PT) e Ângelo Vanhoni (PT).

Fonte: AN Notícias com ContraPonto