Carregando...

Alerta!

logo Professor de informática acusado de abusar de 15 alunas é preso em Curitiba - Notícias - AN Notícias Professor de informática acusado de abusar de 15 alunas é preso em Curitiba - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 21 de Janeiro de 2021

SAIBA MAIS

Dia Mundial da Religião - Dia de santa Inês -
19/12/2013 09h20

Professor de informática acusado de abusar de 15 alunas é preso em CuritibaEle é acusado de abusar sexualmente de 15 crianças

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O professor de informática Louri Moraes Ramiro, de 50 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (18), no bairro Capão da Imbuia, em Curitiba. Ele é acusado de abusar sexualmente de 15 crianças e por armazenar imagens de pornografia infantil e juvenil.

Segundo a delegada Sabrina Barreiros, do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), as ações de Ramiro foram monitoradas desde o início do ano letivo. Ele dava aula em uma escola da Rede Municipal de Ensino de Curitiba e se aproveitava da proximidade com as crianças para cometer os crimes.

Durante as aulas ele se aproximava das meninas, com idades entre 10 e 14 anos, e passava a mão nas partes vítimas delas. “Nós fizemos a investigação e além das 15 vítimas, tivemos várias outras crianças que não foram abusadas, mas viram isso ocorrer e foram testemunhas. Em setembro, pedimos ao Poder Judiciário a prisão dele, mas o juiz só deferiu algumas medidas protetivas, como afastamento dele das vítimas e do local de trabalho, além de uma busca e apreensão”, contou a delegada.

Esse mandado foi cumprido e o material coletado na casa dele foi encaminhado para perícia no Instituto de Criminalística. “Nessa perícia apareceram vários arquivos como fotos de pornografia infantil” explicou a delegada. O pedófilo mora em Almirante Tamandaré, mas foi preso por volta das 7h30 quando chegava para trabalhar no Núcleo de Educação no Capão da Imbuia.

Fonte: AN Notícias com Portal Banda B

Galeria de Imagens