Carregando...

Alerta!

logo Procon multa TIM em R$ 14 milhões por irregularidades - Notícias - AN Notícias Procon multa TIM em R$ 14 milhões por irregularidades - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 25 de Agosto de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Soldado - Dia de Duque de Caxias - Dia do Exército e Dia do Feirante -
26/11/2013 12h18

Procon multa TIM em R$ 14 milhões por irregularidadesCampeã em reclamações no órgão em Londrina, empresa ainda tem mais 11 ações

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O Núcleo de Defesa do Consumidor (Procon) de Londrina multou a TIM em R$ 14 milhões por irregularidades na prestação de serviços à população. A telefônica ainda tem mais 11 ações à espera julgamento no órgão municipal. Ao todo, as ações totalizam R$ 90 milhões.

Segundo o coordenador do Procon, Rodrigo Brum, a primeira decisão provisória foi expedida na última terça-feira (19), no valor de R$ 7 milhões, por descumprimento nos contratos com dois clientes. Na segunda autuação, expedida na manhã desta segunda-feira (25), a empresa foi multada em mais R$ 7 milhões por falhas no cumprimento de ofertas.
 

As ações, explicou o coordenador, são fruto de uma fiscalização que o Procon realizou em agosto deste ano. “Na época, chegamos a proibir, com uma decisão cautelar, a venda dos pacotes da empresa. Mas ela conseguiu uma liminar e voltou a atuar.” A TIM tem prazo de dez dias, contados a partir desta segunda, para apresentar recurso na Secretaria Municipal de Governo.

As outras 11 ações contra a operadora serão julgadas até a próxima semana. “Devido ao volume de ações, que está até atrapalhando nossa pauta, creio que não conseguirei julgar tudo até esta sexta”, considerou Brum.

Caso a empresa não consiga reverter a decisão administrativa do Procon, o valor da multa será destinado ao Fundo de Defesa do Consumidor de Londrina.

A assessoria de imprensa da TIM respondeu que a empresa ainda não foi notificada e que aguarda o recebimento dos documentos para análise e posicionamento. Em nota, a operadora informou que "tem a satisfação de seus clientes como prioridade e que trabalha para atender as demandas originárias de Londrina prontamente".

 

Fonte: Jornal de Londrina