Carregando...

Alerta!

logo Romanelli, afirmou que o governo pretende continuar com mínimo regional - Notícias - AN Notícias Romanelli, afirmou que o governo pretende continuar com mínimo regional - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 24 de Outubro de 2021

SAIBA MAIS

Dia das Nações Unidas - Aniversário de Goiânia - Dia de São Rafael - Aniversário de Manaus e Dia do Sapateiro -
09/01/2011 20h56

Romanelli, afirmou que o governo pretende continuar com mínimo regionalMínimo regional é discutido com federação de trabalhadores

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O secretário estadual do Trabalho, Emprego e Promoção Social, Luiz Claudio Romanelli, afirmou a integrantes da Coordenação Federativa dos Trabalhadores (CFT-PR), que o governo pretende continuar com a política do salário mínimo regional.

"É um instrumento poderoso para superar a profunda desigualdade social que nós temos hoje. Nosso Estado merece ter, cada vez mais, boas políticas públicas", avaliou Romanelli.

Ainda de acordo com o secretário, o piso regional começa a ser discutido no Paraná nos próximos meses. "A data base do mínimo regional é maio. Até lá, haverá debates com as centrais sindicais, o setor patronal e o Governo do Estado, além de unidades técnicas como Ipardes e Dieese. Com o crescimento de economia já podemos prever aumento do valor", anunciou.

Romanelli explicou que fazem parte da definição do valor do salário mínimo índices como inflação e PIB.

O mínimo regional do Paraná foi instituído em 2006 e é o maior salário regional do Brasil. Atualmente, os valores variam de R$ 663,00 a R$ 765,00, para quatro categorias de empregados, que não têm acordo coletivo de trabalho. O salário atende cerca de 350 mil paranaenses, entre trabalhadores do campo, domésticas, trabalhadores do comércio, da produção de bem e da indústria.
Fonte: AEN

Galeria de Imagens