Carregando...

Alerta!

logo Rússa é quarto maior mercado da carne brasileira - Notícias - AN Notícias Rússa é quarto maior mercado da carne brasileira - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 24 de Novembro de 2017

SAIBA MAIS

Dia de São João da Cruz - Dia de São Porciano -
04/11/2017 05h13

Rússa é quarto maior mercado da carne brasileiraPaís suspendeu temporariamente importações de 1 frigorífico e exigirá controle sanitário mais rígido de outras 5 empresas brasileiras

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

De acordo com o Serviço Federal de Vigilância Sanitária e Veterinária na Rússia, os controles sanitários serão ampliados para cinco empresas brasileiras. O motivo é que foram encontradas substâncias fora dos padrões sanitários russos. Veja quais são os frigoríficos:

JBS Aurora Frigoestrela Frigol Frigon - Irmãos Gonçalves

A Rússia também suspendeu temporariamente as importações de carne do frigorífico Mata Boi e fará inspeções adicionais nos produtos já embarcados.

O frigorífico Frigon informou não ter sido comunicado oficialmente da decisão e "que continua exportando normalmente para a Rússia". Disse ainda cumprir "rigorosamente com todas as normas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura".

Em nota, a Frigoestrela afirmou que ainda não foi informada oficialmente sobre nenhuma restrição e que segue todos os procedimentos e controles de produção exigidos pela Rússia, incluindo análises realizadas por laboratórios credenciados.

O G1 entrou em contato ainda com os frigoríficos JBS e aguarda posicionamento. O G1 não conseguiu contato com os frigoríficos Frigol, Aurora e Mata Boi.

  Carne Fraca

Desde a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal em março deste ano, diversos países adotaram medidas restritivas à carne brasileira.

Após o escândalo, a União Europeia trouxe uma equipe de auditoria ao Brasil para inspecionar a carne brasileira. No relatório da missão, a UE apontou que encontrou mais de 100 focos de contaminação na carne brasileira, 77 deles devido à presença de salmonela em aves.

A UE ameaçou tomar medidas mais rígidas contra o Brasil se o país não tomasse medidas convincentes.

Em junho, os EUA suspenderam a importação de carne bovina in natura do Brasil por problemas de qualidade. Na ocasião, os produtores disseram que o gado sofreu uma reação à vacina de febre aftosa.

Fonte: AN Notícias com G1

Galeria de Imagens