Carregando...

Alerta!

logo Preço do material escolar varia até 226% no Paraná - Notícias - AN Notícias Preço do material escolar varia até 226% no Paraná - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 17 de Agosto de 2018

SAIBA MAIS

Dia do Patrimônio Histórico - Dia de Vulcano - Dia do Amor - Dia do Porco - Dia Municipal do Camelô -
11/01/2018 03h10

Preço do material escolar varia até 226% no ParanáO Procon-PR realizou uma pesquisa de preços de material nesta quarta e quinta-feira (10 e 11)

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O Procon-PR realizou uma pesquisa de preços de material nesta quarta e quinta-feira (10 e 11) em quatro estabelecimentos de Curitiba.

Para o levantamento foram pesquisados cerca de 300 itens, considerando produtos de marcas pré-definidas. A maior diferença de preço foi a da borracha TR18 Big, marca Mercur, com variação de 226%. O produto foi encontrado por R$ 3,99 em uma loja e a R$ 12,99 em outra.

As variações de preços constatadas referem-se aos dias em que a coleta de dados foi feita. Os valores podem ser diferentes dos preços atuais, já que estão sujeitos à alteração conforme a data da compra ou por descontos especiais, ofertas e promoções.

Confira outras variações de preços Tinta Guache 6 cores, 15 ml cada, marca Faber Castell, variação de 100%
Maior preço: R$ 9,99
Menor preço: R$ 4,99 Giz de Cera Curto 15 Cores, marca Faber Castell, variação de 92%
Maior preço: R$ 4,99
Menor preço: R$ 2,60 Lápis de cor 12 cores + 4 grafites, marca Bic, variação de 88%
Maior preço: R$ 14,99
Menor preço: R$ 7,99 Caderno Ecko 96 folhas, marca Tilibra, variação de 56%
Maior Preço: R$ 24,99
Menor Preço: R$ 15,99 Caderno Bichinhos 200 folhas, marca Tilibra, variação de 59%
Maior Preço: R$ 29,99
Menor Preço: R$ 18,90

De acordo com a diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, a pesquisa tem o objetivo alertar o consumidor sobre a importância de comparar os preços em vários estabelecimentos. “No final das contas a economia é grande para quem faz a pesquisa”, disse.

Além disso, o Procon-PR orienta os pais a utilizarem o material escolar que sobrou do ano passado e que façam as compras de forma coletiva, reunindo-se com outros pais, já que é possível conseguir bons descontos na aquisição em maior quantidade.

Fonte: AN Notícias com PR UOL