Carregando...

Alerta!

logo Após fechar Av. Paulista, ato contra Dilma segue para região do Ibirapuera - Notícias - AN Notícias Após fechar Av. Paulista, ato contra Dilma segue para região do Ibirapuera - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Novembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia da Criatividade - Dia de São Gregório Taumaturgo - Dia Internacional do Estudante e Dia do Tribunal de Contas - Dia da Bandeira - Dia de Santa Isabel e Dia Internacional do Xadrez -
01/11/2014 11h13

Após fechar Av. Paulista, ato contra Dilma segue para região do IbirapueraProtesto contra a presidente Dilma na avenida Paulista neste sábado (1º)

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Manifestantes realizavam um protesto que pedia o impeachment da presidente reeleita Dilma Rousseff (PT), neste sábado (1º), em São Paulo. De acordo com a Polícia Militar (PM), cerca de 1,5 mil participavam do ato, que foi convocado pelo Facebook. Na rede social, mais de 100 mil usuários confirmaram presença no evento.

A manifestação começou no Masp, às 14h, e chegou a interditar completamente a Avenida Paulista. Após se concentrarem no vão livre do museu, o grupo partiu em direção à Assembleia Legislativa, na região do Parque Ibirapuera. No caminhão, bloquearam outras importantes vias da capital paulista, como as avenidas Brigadeiro Luís Antônio e Pedro Álvares Cabral.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), por volta das 18h, os manifestantes chegaram à Assembleia Legislativa e o protesto foi encerrado.

Fonte: G1

Galeria de Imagens