Carregando...

Alerta!

logo Ratinho promete gestão moderna e fim de regalias monárquicas - Notícias - AN Notícias Ratinho promete gestão moderna e fim de regalias monárquicas - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 21 de Julho de 2018

SAIBA MAIS

Dia da Bandeira de Fernão Dias Paes Leme -
04/07/2018 20h54

Ratinho promete gestão moderna e fim de regalias monárquicasRatinho Júnior (PSD) foi o quarto e último pré-candidato ao governo do Paraná a ser sabatinado pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP)

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Ratinho Júnior (PSD) foi o quarto e último pré-candidato ao governo do Paraná a ser sabatinado pela Associação dos Municípios do Paraná (AMP) nesta terça-feira (3). Ele falou sobre um projeto de governo mais moderno e ágil, baseado no “modelo Google”, redução de custo da máquina pública e acabar com “regalias monárquicas” como a Ilha das Cobras, casa oficial de veraneio do governador, e outras áreas que tem o custo arcado pela população.

Na sabatina, o pré-candidato lembrou por diversas vezes o cargo de secretário de Desenvolvimento Urbano no governo de Beto Richa (PSDB), que renunciou ao cargo para disputar a vaga de Senador, e que irá fazer um gestão transparente, moderna, inovadora e ágil. No discurso inicial, Ratinho Júnior frisou que é necessário um planejamento de médio e longo prazo e quebrar com a forma com que os gestores anteriores governaram.

“Eu tenho dito que temos um projeto que é uma opção para o paranaense, com a diminuição da máquina pública e de fazer uma gestão eficiente. O modelo de gestão brasileiro, culturalmente, ainda é ‘fordiano’. Nós temos que fazer um modelo ‘Google’, muito mais inovador e ágil. Não é possível que o empresário que quer gerar emprego no estado tenha que esperar dois ou três anos por uma licença ambiental. Não quer dizer que tem que dar licença para tudo, mas o ‘não’ também é uma resposta e tem que ser dada rápido para que ele possa gerar riqueza em outro lugar, outra cidade ou até outro estado”, afirma.
 

O pré-candidato também criticou as “regalias monárquicas” que são arcadas pela população. “Nós temos que acabar com as mordomias. Eu tenho dito que vou vender a Ilha do Governador para aplicar em áreas essenciais como saúde, educação e segurança. Vou vender a chácara do governador e o reflorestamento do estado, que ocupa 55 mil hectares que não justifica o poder público ter um reflorestamento desse tamanho, e outras áreas que lamentavelmente o poder público deixou de cuidar”, afirma.

Trajetória política

Ratinho Jr. é formado em Marketing e Propaganda pela Facinter com pós-graduação em Direito de Estado pela PUC. Em 2002, aos 21 anos, foi eleito deputado estadual. Em 2006 se tornou deputado federal em que ficou por dois mandatos consecutivos. Disputou a Prefeitura em 2012, perdendo para Gustavo Fruet no segundo turno. Desde 2013 virou Secretario de Desenvolvimento Urbano do governo Richa, mas se afastou do cargo para se eleger deputado estadual. Depois, voltou ao cargo na Secretaria de Estado da Educação (Sedu).

Apoios políticos

Após a sabatina, em coletiva de imprensa, Ratinho Júnior foi questionado sobre os apoios políticos e partidários que sua campanha deve receber. Segundo ele, a candidatura está aberta para receber apoio de quem se adequar com seu modelo de governo e afastou a hipótese de ser uma continuação do atual governo. “Eu vou fazer uma política pensando no Paraná, não é uma política partidária. [Vou fazer] como fiz quando secretário e tenho feito na minha carreira política”, diz. “Nós não somos nenhum subprojeto de nenhum grupo político. Já faz um ano que estamos colocando a nossa candidatura”, finaliza.

Sabatina

Segundo a AMP, o critério para convite foi a posição na pesquisa pré-eleitoral veiculada pela Gazeta do Povo, no dia 9 de abril. Além de Ratinho Júnior, Cida Borghetti (PP)Dr. Rosinha (PT)Osmar Dias (PDT) também devem expor seus planos para os municípios do Estado.

Cada pré-candidato terá cinco minutos para uma fala inicial e na sequência respondem a cinco perguntas da AMP sobre temas da agenda municipalista. Cada resposta poderá ter no máximo quatro minutos. A sabatina se encerra com uma fala final com cinco minutos de duração.

 

Fonte: AN Notícias com PR UOL