Carregando...

Alerta!

logo Enquete: maioria dos internautas reprovam fechamento de escolas em Arapongas - Notícias - AN Notícias Enquete: maioria dos internautas reprovam fechamento de escolas em Arapongas - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 27 de Fevereiro de 2021

SAIBA MAIS

Dia Nacional do Livro Didático - Dia de São Gabriel e Dia do Agente Fiscal da Receita Federal -
13/12/2013 12h03

Enquete: maioria dos internautas reprovam fechamento de escolas em ArapongasDeclaração polêmica da secretária de educação repercute em Arapongas

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O AN Notícias publicou para votação nesta última semana a enquete relacionada a educação municipal de Arapongas. O resultado o internauta vai conferir agora, depois da polêmica envolvendo a administração do Prefeito vigário Beffa (PHS). Conforme informações da Imprensa de Arapongas em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (11), onde estiveram presentes dezenas de funcionárias dos CEI’s – Centro de Educação Infantil, a secretária de educação de Arapongas, Elizabeth Humai de Toledo, deu declarações polêmicas relacionadas ao poder legislativo municipal.

O fato é que após ser vaiada por várias educadoras e mães durante sua participação na Câmara Municipal a 2 semanas e, ouvir o vereador Rubão pedir sua demissão durante a última sessão, Elizabeth afirmou que as emendas apresentadas pela presidente do legislativo, Margareth Pimpão, referente a alterações no estatuto da classe, alterando a carga horária de 36 para 30 horas, e aprovadas por unanimidade em primeira e em segunda votação (essa realizada durante sessão extraordinária que também aconteceu nesta manhã), não possuem valor algum e que sua decisão de 36 horas continuaria valendo.
Indignadas, algumas funcionárias gravaram toda a reunião.

Acontece que de acordo com a vereadora Margareth Pimpão, mesmo que o prefeito vete tais emendas no prazo de 15 dias, os vereadores se reunirão durante o período de recesso para derrubar tal veto. Vale lembrar que todos os vereadores, inclusive os 7 integrantes da bancada que apoia o prefeito, são contrários á decisão da secretaria e assim votaram.

Ao que tudo indica, Elizabeth está entrando em uma batalha em que não tem chances de vencer, já que caso o prefeito vete tais emendas, ainda assim os vereadores têm o direito de derrubar esse veto e depois de certo prazo sancionar tal lei.
Conforme citado acima, durante a última sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada na última segunda-feira, vários vereadores criticaram duramente a secretária.
Fonte: AN Notícias com Dia-a-Dia

Galeria de Imagens