Carregando...

Alerta!

logo Após empate, Argentina se complica na briga por vaga na Copa - Notícias - AN Notícias Após empate, Argentina se complica na briga por vaga na Copa - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 23 de Outubro de 2017

SAIBA MAIS

Dia da Aviação Brasileira - Dia da Répública - Dia de Chulalongkorn - Dia de São Severino - Dia Mundial da Informação -
06/10/2017 12h14

Após empate, Argentina se complica na briga por vaga na CopaSeleção comandada por Jorge Sampaoli precisará da vitória na última rodada

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
A Argentina fez a sua fanática torcida sofrer mais uma vez, não passou de um empate sem gols diante do Peru, nesta quinta-feira, e se complicou na luta por uma vaga na Copa do Mundo de 2018. Mesmo diante de uma La Bombonera lotada e empurrando a equipe, os comandados de Jorge Sampaoli voltaram a decepcionar, chegaram à quarta partida seguida sem vitória nas Eliminatórias e terão que definir a classificação na última rodada.     Mais uma vez, a Argentina dependeu exclusivamente de Messi. O craque do Barcelona foi responsável por criar quase todas as oportunidades dos donos da casa, mas viu seus companheiros - e em algumas oportunidades até ele próprio - falharem nas finalizações. As opções de Sampaoli para o setor ofensivo se provaram erradas e a falta de experiência de nomes como Benedetto e Papu Gómez fez a diferença.   Com isso, os argentinos mostraram por que têm o segundo pior ataque das Eliminatórias - apenas 16 gols em 17 partidas - e chegaram a 25 pontos, caindo para a sexta colocação, que hoje os tiraria da Copa da Rússia. Para ir ao Mundial, precisam desesperadamente do triunfo contra o Equador na próxima terça-feira, fora de casa. Caso contrário, podem ficar fora de seu primeiro Mundial desde 1970.   Para o valente Peru, o empate o colocou na quinta colocação e lhe dá, no momento, a vaga para a repescagem. Na terça-feira, a equipe de Ricardo Gareca recebe a Colômbia em Lima e também precisa da vitória para ir à Copa. Na pior das hipóteses, lutam para garantir o direito de enfrentar a Nova Zelândia em confronto de mata-mata para carimbar o passaporte à Rússia.   Sob a pressão de um barulho ensurdecedor nas arquibancadas de La Bombonera, a Argentina começou tomando conta da posse de bola e tentando encurralar o Peru. A primeira chance, porém, veio na bola parada. Aos 13 minutos, Di María cobrou escanteio rasteiro para a marca do pênalti, onde Messi chegou finalizando. Um desvio da defesa impediu o gol.   Mas logo a Argentina passou a apresentar os mesmos problemas das outras partidas. Com Messi bem marcado, a criação era inexistente, o que permitiu que o Peru se animasse. E aos 33, os visitantes quase surpreenderam. Após boa troca de passes pela esquerda, Trauco cruzou rasteiro, Farfán aproveitou cochilo da defesa e apareceu quase na pequena área, sozinho, mas finalizou para fora.
Fonte: AN Notícias com R7

Galeria de Imagens