Carregando...

Alerta!

logo Athletico perde para o Botafogo no Rio em jogo com VAR protagonista - Notícias - AN Notícias Athletico perde para o Botafogo no Rio em jogo com VAR protagonista - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Outubro de 2019

SAIBA MAIS

Dia da Juventude Missionária - Aniversário de Piauí - Dia do Securitário - Nasceu Bento Gonçalves e Dia do Guarda Noturn -
12/08/2019 12h01

Athletico perde para o Botafogo no Rio em jogo com VAR protagonistaO Athletico abriu o placar e chegou a ter o jogo na mão, mas acabou derrotado pelo Botafogo por 2 a 1, na tarde deste domingo (11)

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O Athletico abriu o placar e chegou a ter o jogo na mão, mas acabou derrotado pelo Botafogo por 2 a 1, na tarde deste domingo (11). Jogando com o time reserva, o Furacão não resistiu no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, em partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão.

No jogo, Thonny Anderson abriu o placar, mas o Athletico sofreu o empate numa falha do goleiro Caio. O outro gol do Botafogo saiu de um pênalti de Pedro Henrique em Lucas Campos, marcado após consulta ao VAR. O lance, entretanto, estava controlado pelo Furacão, já que a cobertura a Pedro Henrique havia ficado com a bola.

VAR

No jogo, o árbitro de vídeo (VAR) foi determinante ao reverter dois lances. Num deles, após consultar o VAR, o árbitro Douglas Marques das Flores anulou um gol do Botafogo, quando o jogo estava 1 a 1, ao marcar toque de mão do zagueiro Joel Carli na jogada. No outro, deu um pênalti a favor do Botafogo – Diego Souza bateu e converteu, marcando o segundo gol do time carioca. Nos dois lances, o ex-árbitro Paulo César de Oliveira disse que a decisão revista estava correta.

Mas um terceiro lance, um pênalti de Carli sobre Madson, seria marcado apenas por Paulo Cesar de Oliveira. No jogo, o árbitro deixou o lance seguir e manteve a decisão após ver o vídeo da jogada.

CLASSIFICAÇÃO

No Brasileirão, o Athletico vinha de três vitórias seguidas, sendo uma em casa (contra o Internacional), e duas fora de casa – derrotou Cruzeiro e CSA, inclusive usando o time reserva nos dois jogos.

Com o resultado deste domingo, o Athletico ficou com 19 pontos, em 11º lugar.

TABELA

Pelo Brasileirão, o Athletico volta a campo no próximo sábado (17), às 19 horas, quando recebe o Atlético-MG na Arena da Baixada. Antes disso, porém, o time enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre, no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. A partida será na quarta-feira (14), na Arena Grêmio.

ESCALAÇÃO

Na última quarta-feira (7), o Athletico disputou o título da Copa Levain contra o Shonan Bellmare, do Japão. E levou a melhor: venceu por 4 a 0. Por isso, e por causa da Copa do Brasil, o técnico Tiago Nunes levou a campo uma escalação reserva neste domingo. O único jogador considerado titular que entrou em campo era o zagueiro Pedro Henrique, que já atuou pelo Corinthians e não pode disputar a Copa do Brasil. Isso além de Lucho Gonzalez, costumeiramente titular. O time paranaense estava no 4-2-3-1. Rossetto e Leo Cittadini ficaram como volantes. A linha de três meias tinha os argentinos Lucho (centralizado), Tomás Andrade (lado direito) e Brian Romero (esquerdo).

Fonte: AN Notícias com Bem PR