Carregando...

Alerta!

logo Athletico-PR ganha do Londrina e segue invicto no Paranaense - Notícias - AN Notícias Athletico-PR ganha do Londrina e segue invicto no Paranaense - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 20 de Setembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia do Gaúcho - Dia de Santo André Kim e São Paulo Chong - Dia do Papeleiro - Dia do Coletor de Lixo - Santo Eustáquio -
26/01/2020 05h44

Athletico-PR ganha do Londrina e segue invicto no ParanaensePartida na Arena da Baixada teve momentos de dificuldade para os anfitriões, mas acabou em goleada para o Furacão

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Depois de três rodadas do Campeonato Paranaense, o Athletico-PR segue com 100% de aproveitamento. Jogando contra o Londrina na Arena da Baixada, a equipe de Eduardo Barros teve trabalho, mas conseguiu no fim "deslanchar" e venceu por 4 a 1.

A primeira etapa foi bastante movimentada tanto na questão da velocidade que o gramado sintético da Arena pode proporcionar naturalmente a partida como também em finalizações e oportunidades de abrir a contagem.

Dentro desse contexto, quem acabou tendo aquela que pode ser considerada como a mais clara de se concretizar em gol foi do time visitante em cobrança de penalidade. Depois do atacante Breno Lopes marcar mal e derrubar o também atacante Danilo dentro da área aos 36 minutos, Miullen foi para a cobrança e Anderson caiu certo na bola para fazer a defesa.

Logo depois da pausa para o intervalo, o Furacão, logo na primeira oportunidade com um minuto do tempo complementar, balançou as redes do Londrina com Denner cobrando escanteio e o volante Léo Gomes fazer o desvio.

O Londrina até conseguiu se aproveitar de um erro crasso na saída de bola do Athletico com 23 minutos quando Danilo Boza tocou fraco e Marcelinho aproveitou na interceptação para driblar Anderson e deixar tudo igual na capital paranaense.

Todavia, os garotos da Baixada mostraram sua força dentro de casa quando Breno Lopes usou sua velocidade e habilidade aos 25 para chegar rapidamente na frente do gol e bater cruzado para passar na frente do placar. Aos 33, quem usou a capacidade de fazer lances individuais desequilibrantes foi Pedrinho ao fazer o terceiro do Furacão e Jajá, de cabeça, fechou a conta para os anfitriões.

Fonte: AN Notícias com Terra