Carregando...

Alerta!

logo Atlético vence, mas primeiro jogo garante Real na final - Notícias - AN Notícias Atlético vence, mas primeiro jogo garante Real na final - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 28 de Junho de 2017

SAIBA MAIS

A emenda constitucional número 9 institui o divórcio no Brasil -
10/05/2017 05h56

Atlético vence, mas primeiro jogo garante Real na finalReal Madrid se aproveitou de uma grande jogada individual para diminuir o placar

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
O Real Madrid está na final da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, os Merengues visitaram o rival Atlético de Madrid, no Estádio Vicente Calderón, no jogo de volta das semifinais do torneio continental, e até chegaram a sofrer um susto. No entanto, conseguiram se recuperar e se aproveitar da vantagem construída no primeiro jogo para garantir vaga na decisão mesmo com uma derrota por 2 a 1.

Saúl e Griezmann marcaram dois gols para o Atlético de Madrid logo nos minutos iniciais para colocar emoção no confronto. No entanto, o Real Madrid foi frio para diminuir com Isco no final da primeira etapa e administrar a vantagem de 3 a 0 construída no jogo de ida para se garantir na grande final do torneio continental.

Com a vitória, o Real Madrid, que é o maior vencedor da história da Liga dos Campeões, garantiu vaga para a grande final da Liga dos Campeões de 2017, a 15ª que disputa na história da competição. O duelo está marcado para o dia 3 de junho, um sábado, às 15h45(de Brasília). O local da partida será o Millennium Stadium, em Cardiff, no País de Gales.

O jogo - A partida teve inicio com grande intensidade. Logo aos quatro minutos, Koke aproveitou cruzamento de Carrasco e finalizou exigindo boa defesa de Navas. O Real Madrid respondeu na sequência, aos seis, em cabeçada de Casemiro que obrigou Oblak a se esticar para salvar.

O grande beneficiado do início de jogo intenso, no entanto, foi o Atlético de Madrid, que logo conseguiu abrir o placar. Aos 11 minutos, Saúl aproveitou cobrança de escanteio de Koke da esquerda e se antecipou à defesa para cabecear e dar a vantagem aos Colchoneros.
 

Precisando de uma goleada para reverter a desvantagem no placar agregado, o Atlético seguiu em cima e logo ampliou. Aos 14 minutos, Fernando Torres foi derrubado por Varane dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Griezmann foi para a cobrança, aos 15, e bateu mal. No entanto, Navas não conseguiu chegar para evitar o gol e a bola acabou no fundo da rede.

Nos minutos seguintes, o jogo ficou morno, com as duas equipes realizando entradas duras e cometendo muitas faltas. Com isso, as chances foram poucas até os minutos finais.

Foi então que o Real Madrid se aproveitou de uma grande jogada individual para diminuir o placar. Aos 41 minutos, Benzema deu um lindo drible na linha de fundo, passando por três, e rolou para Toni Kross. O alemão chutou para grande defesa de Oblak. Porém, no rebote, Isco apareceu livre para completar para a rede e aliviar a situação dos Merengues antes do intervalo.

Após frear a reação do Atlético de Madrid com um gol no fim da primeira etapa, o Real Madrid voltou melhor para o segundo. Com isso, quase marcou aos dois minutos. Cristiano Ronaldo cobrou falta direto para o gol e Oblak teve que espalmar para evitar o segundo dos Merengues.

Os Colchoneros responderam em cobrança de falta perigosa de Griezmann, aos quatro minutos. No entanto, aos nove, os Merengues assustaram novamente em chute de fora da área de Isco.

No decorrer do segundo tempo, o volume de jogo do Atlético aumentou. Com isso, a equipe da casa teve uma chance impressionante de marcar. Aos 21 minutos, Carrasco ganhou a disputa com Danilo, passou por Varane e finalizou para uma grande defesa de Navas. Gameiro ficou com o rebote dentro de frente para a meta e cabeceou, mas o goleiro costarriquenho fez outra intervenção, esta ainda mais impressionante, para evitar o gol.

O Real Madrid respondeu na sequência. Aos 23, Modric pegou rebote na entrada da área e chutou para o gol. Cristiano Ronaldo desviou para a rede, mas o árbitro marcou posição de impedimento em lance difícil.

Nos minutos seguintes, o jogo ficou lá e cá. O Atlético assustou em chute de Griezmann aos 25. Benzema respondeu em cabeceio aos 28 minutos na rede pelo lado de fora. Os Colconeros ainda tiveram outra chance aos 31, com Gameiro, mas o atacante não conseguiu finalizar ao ser atrapalhado por Sergio Ramos.

Nos instantes finais, o Atlético de Madrid se conformou com a eliminação e as oportunidades de gols passaram a diminuir. Com isso, o Real conseguiu administrar a vantagem e garantir vaga na grande final da Liga dos Campeões.

 

Fonte: AN Notícias com Terra

Galeria de Imagens