Carregando...

Alerta!

logo Ceni elogia Cruzeiro, apoia medalhões e prevê mais mudanças - Notícias - AN Notícias Ceni elogia Cruzeiro, apoia medalhões e prevê mais mudanças - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Setembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Cliente - Dia da Independência da América Central - Dia do Musicoterapeuta - Dia de Nossa Senhora das Dores -
18/08/2019 01h02

Ceni elogia Cruzeiro, apoia medalhões e prevê mais mudançasO treinador surpreendeu o Santos com uma escalação diferente do que vinha sendo utilizada, o que culminou na boa vitória celeste

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Com a estreia vitoriosa no Cruzeiro, Rogério Ceni foi o centro das atenções após o triunfo sobre o Santos, por 2 a 0, neste domingo(18), no Mineirão. Todos queriam saber das impressões do treinador acerca do seu início de trabalho, como foram as mudanças promovidas. Ou seja: o cruzeirense queria ouvir Ceni.

Entrada de Dodô no lugar de Ariel Cabral

"Foi no domingo que decidi desfazer a dupla Henrique e Ariel Cabral, durante o jogo Avaí x Cruzeiro, quando estava assistindo. Adoro Ariel e Henrique, mas acho que um ao lado do outro é uma dupla com características parecidas, que dificilmente vão dar proximidade. Ora um, ora outro, em tese vai jogar. Pode acontecer de jogarem juntos, mas achei que a mudança podia ser a partir daí. O Robinho é um jogador que vejo muito pra essa posição de segundo volante. Vai treinar mais e pode fazer essa função. Durante o treinamento eu vi que o Dodô trabalha bem com as duas pernas, tem força. Também fiquei na dúvida, ele também. Resolvemos tentar. Foram 20 e poucos minutos nessa função. Depois faremos uma análise melhor. Egídio me parece um jogador de mais profundidade, o Dodô lida melhor que a bola. Vamos aguardar pra ver (quem joga de segundo volante) de acordo com o jogo", disse Rogério Ceni.

Poder de decisão e cobrança sobre Thiago Neves

"Eu joguei muitas vezes contra o Thiago Neves. Sei da capacidade dele de decidir jogos. Quando está próximo ao gol, ele faz a diferença. Sabe armar, sabe vir pra trás, sabe deixar o colega na cara do gol. Só disse que eu preciso dele, o Cruzeiro precisa dele pra sair desse momento. Ele vai carregar esse peso e essa cobrança sempre, mas só carregam essa cobrança os diferentes. Se ele tiver com a cabeça boa e centrada, vai sempre fazer a diferença. Sobre o esquema, tentei colocar mais velocidade, mantendo o jogador de armação, e pelo desenrolar do jogo colocamos o jogador de referência, o Fred. Joguei muito tempo no gol, ficava lá atrás, sozinho, hoje quero ver um time que faz gols, mais próximo do gol. Eles compreenderam. Os grandes protagonistas foram os atletas", elogiou.

Fonte: AN Notícias com Terra

Galeria de Imagens