Carregando...

Alerta!

logo Renato pode igualar Felipão com fila de títulos pelo Grêmio - Notícias - AN Notícias Renato pode igualar Felipão com fila de títulos pelo Grêmio - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 18 de Setembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia dos Símbolos Nacionais - Dia da Televisão - Dia de Santa Sofia e São José de Cupertino - Semana da Comunidade -
22/02/2018 05h57

Renato pode igualar Felipão com fila de títulos pelo GrêmioO treinador do Grêmio, que também foi herói como jogador da equipe no passado, já pediu até estátua no clube

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Em dezembro de 2016, O Grêmio conquistou a Copa do Brasil e acabou com um jejum de títulos que já perdurava por 15 anos. Um ano depois, o Tricolor Gaúcho levou a Copa Libertadores da América. E agora, em fevereiro de 2018, os gremistas comemoram o título da Recopa Sul-Americana. Foram três taças em menos de 15 meses, todas com Renato Portaluppi no comando da equipe.

O treinador do Grêmio, que também foi herói como jogador da equipe no passado, já pediu até estátua no clube, desejo esse que deve ser concretizado em breve. Mas, Renato ainda pode alcançar uma marca histórica que até hoje só Luis Felipe Scolari conseguiu atingir.

Felipão, que apesar de não ter feito muito sucesso como atleta também goza de idolatria entre os gremistas e é torcedor assumido da equipe, levou o clube a mesma trinca com títulos da Copa do Brasil, da Libertadores e da Recopa Sul-Americana, em sequência, entre 1994 e 1996.

A diferença, por ora, é que Felipão foi além. No ano de 96, sob seu comando, o Grêmio se sagrou Campeão Brasileiro. Renato Gaúcho ainda pode igualar a marca. E certamente nem o treinador nem os torcedores vão se importar se essa quarta taça não for especificamente do campeonato nacional.

"Eu quero aumentar meu nome na história do clube sempre almejando títulos", avisou Renato em sua entrevista coletiva, pouco depois de levar o tradicional banho de seus tão elogiados jogadores.

"A gente tem um grupo maravilhoso desde minha chegada aqui. Algumas peças saíram outras chegaram, mas o grupo sempre teve mentalidade de vencedor. Você vê que em menos de 18 meses (desde sua chegada ao comando) a gente conquistou três títulos importantes depois de 15 anos que o clube não conquistava nada. Isso é muita coisa", exaltou o treinador.

"Esse grupo é vencedor. E é isso que eu sempre coloco na cabeça deles: 'vocês precisam fazer história e a história só faz quem é campeão'. Eles aprenderam a gostar de ganhar. No momento que você prova alguma coisa e você gosta, você vai correr sempre atrás dessa coisa. Eu não sei até quando. Eu estou meio cansado de dar volta olímpica, mas a gente vai continuar", brincou Renato Portaluppi, ao seu velho estilo debochado, mas com bom humor.

Fonte: AN Notícias com Terra