Carregando...

Alerta!

logo Sem TV, até presidente do Palmeiras ouviu jogo no rádio - Notícias - AN Notícias Sem TV, até presidente do Palmeiras ouviu jogo no rádio - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Junho de 2019

SAIBA MAIS

Dia do Vigilante - Dia do Cinema Brasileiro -
17/05/2019 05h53

Sem TV, até presidente do Palmeiras ouviu jogo no rádioMaurício Galiotte admitiu que não conseguiu assistir ao jogo do clube, que ainda não fechou acordo com a Globo para transmissão dos jogos

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Nem o presidente do Palmeiras consegue acompanhar todos os jogos do time neste Campeonato Brasileiro. Maurício Galiotte, assim como os familiares da maioria dos jogadores, sofre com a falta de transmissão televisiva das partidas do time alviverde na competição nacional.

"No dia do jogo contra o Atlético-MG foi dia das Mães, eu não fui a Belo Horizonte então eu escutei o jogo como todo torcedor palmeirense", disse Galiotte. "Escutei a narração, vivenciei as mesmas emoções de ano atrás. Nesse momento sou torcedor, então escutei o jogo".

No sorteio da Copa Libertadores, na última segunda-feira, no Paraguai, Galiotte se encontrou rapidamente com representantes da Globo. As partes seguem em negociação. O Alviverde aposta no dinheiro perdido pela emissora com cancelamentos de assinaturas do pay-per-view, enquanto a empresas carioca crê que o montante oferecido fará falta nas contas do clube.
 

"Não tem jeito, né? Não tem como ver. Eles (parentes e amigos) têm ouvido pela TV Palmeiras. É uma coisa nova, e não cabe a nós palpitar. O presidente do Palmeiras sabe o que faz e o que é melhor para o Palmeiras e para nós. É dar esse voto de confiança para ele e as coisas vão se resolver", afirmou Diogo Barbosa.

A Rede Globo decidiu que transmitirá por pay per view a partida entre Palmeiras e Sampaio Corrêa, no dia 30, pela Copa do Brasil, no Allianz Parque. Uma forma de atrair palmeirenses que abriram mão de seus planos diante da ausência dos jogos do clube pelo Brasileiro.

Segundo a Lei Pelé, qualquer partida no futebol brasileiro só pode ser televisionada com o aval dos dois clubes envolvidos, ou posse total dos direitos da competição (como na Copa do Brasil). O Palmeiras fechou acordo de transmissão das partidas do Campeonato Brasileiro de 2019 a 2024 para TV fechada com a Turner por cerca de R$ 100 milhões.

"Sabemos o valor da nossa marca, o nível de retorno de audiência que o Palmeiras traz, a importância para o futebol brasileiro e para as empresas de comunicação como um todo. Estamos trabalhando defendendo os interesses do clube e o que achamos que é justo. Lamento e esse é um momento difícil para o torcedor que acompanha os jogos. Mas estamos trabalhando isso de uma maneira técnica e com muita seriedade. É uma situação que tem impacto futuro para o clube e para a Globo", afirmou Maurício Galiotte.

Por contrato, a TNT, do grupo Turner, deve deixar de transmitir para a cidade de São Paulo duas partidas do Maior Campeão do Brasil como mandante no Brasileiro. Como já televisionou os duelos contra Fortaleza e Internacional, e fará o mesmo com o confronto com o Santos, neste sábado, poderá transmitir apenas mais um jogo dos três possíveis confrontos restantes. Athletico-PR, Bahia e Ceará são as opções ao longo do Brasileirão.

 

Fonte: AN Notícias com Terra