Carregando...

Alerta!

logo Com medo de Moro, Richa recorre para ser julgado pela Justiça Eleitoral - Notícias - AN Notícias Com medo de Moro, Richa recorre para ser julgado pela Justiça Eleitoral - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 25 de Maio de 2018

SAIBA MAIS

Dia Internacional do Sapateado - Dia do Industrial - Dia do Trabalhador Rural - O Dia da Toalha - Saiba Mais aqui no AN - O Dia do Orgulho Nerd - Dia do Industrial - Dia do Trabalhador Rural - Dia Internacional do Sapateado e O Dia da Toalha -
12/05/2018 07h47

Com medo de Moro, Richa recorre para ser julgado pela Justiça EleitoralO processo foi remetido a Justiça Federal após o novo entendimento sobre foro privilegiado do Supremo Tribunal Federal (STF)

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Os advogados do ex-governador Beto Richa informaram, que existe um recurso no Superior Tribunal de Justiça contra a decisão que determinou a investigação de acusações de corrupção na 13ª Vara da Justiça Federal, de responsabilidade do juiz Sérgio Moro, responsável pala Operação Lava Jato.

A defesa entende que, com o julgamento deste recurso, deverá ser reformada a decisão proferida, determinando a remessa para a Justiça Eleitoral, nos mesmos moldes de decisões de casos similares”.

O processo foi remetido a Justiça Federal após o novo entendimento sobre foro privilegiado do Supremo Tribunal Federal (STF).

Moro determinou que a Polícia Federal instaure inquérito para investigar a denúncia de que Richa recebeu R$ 3 milhões da Odebrecht como contrapartida ao favorecimento da empresa na licitação da PR-323, rodovia no noroeste do Paraná.

 
Veja o inquérito na íntegra 

O juiz defendeu que o processo fique na Justiça Federal. “Em tese, se o fato se confirmar, pode estar configurado crime de corrupção, que é especial em relação ao crime de realização de doações eleitorais não-contabilizadas. Nesse caso, isso excluiria a competência da Justiça Eleitoral, pelo princípio da especialidade. Caso se trate de corrupção, entendo que há elementos de conexão suficientes para justificar provisoriamente a competência da Justiça Federal”, despachou.

Sérgio Moro determina abertura de inquérito contra Beto Richa  Veja na íntegra

A defesa do ex-governador Beto Richa informa que existe um recurso pendente de julgamento no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra a decisão que determinou a remessa da investigação para a Justiça Federal. A defesa entende que, com o julgamento deste recurso, deverá ser reformada a decisão proferida, determinando a remessa para a Justiça Eleitoral, nos mesmos moldes de decisões de casos similares.

Fonte: AN Notícias com PR UOL