Carregando...

Alerta!

logo Lula deve ser solto dia 18 com decisão do STF - Notícias - AN Notícias Lula deve ser solto dia 18 com decisão do STF - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 15 de Novembro de 2019

SAIBA MAIS

Dia da Proclamação da República - Dia do Jornaleiro - Dia de Santo Alberto Magno - Dia do Esporte Amador -
15/10/2019 08h47

Lula deve ser solto dia 18 com decisão do STFA declaração do ministro foi dada pouco depois de o presidente do STF, Dias Toffoli, decidir marcar para quinta (17) o julgamento de ações que questionam a validade da prisão

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Como ministro da Justiça, o ex-juiz federal, Sergio Moro, parece ter aprendido rapidamente a lição da política de não confrontar com os poderes legislativo e judiciário. Diante da discussão e que agora se transforma em julgamento da prisão após condenação em segunda instância, a realizar-se na quinta-feira, no Supremo Tribunal Federal, foi, mais uma vez, polido e sem contestações: “a prisão em segunda é um avanço institucional, mas que qualquer decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) deve ser respeitada”.

Hoje Moro está engessado pelo cargo de Ministro da Justiça e não pode, ou não deve, se posicionar contra o Supremo Tribunal Federal em decisões que acreditam ser constitucionais.

Tudo sinaliza para um revés na Operação Lava Jato e beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba desde abril de 2018. Desde 2016, a jurisprudência do STF tem autorizado a execução da pena após a confirmação da sentença por um órgão colegiado -Tribunais de Justiça ou Tribunais Regionais Federais.

A declaração do ministro foi dada pouco depois de o presidente do STF, Dias Toffoli, decidir marcar para quinta (17) o julgamento de ações que questionam a validade da prisão de condenados em segunda instância.

“Qualquer decisão do Supremo que for tomada vai ser evidentemente respeitada”, disse Moro. “A minha avaliação é que essa possibilidade de execução em segunda instância, essa é uma posição pública minha, foi um avanço institucional importante do próprio Supremo Tribunal Federal”, afirmou.

Fonte: AN Notícias com PR UOL

Galeria de Imagens