Carregando...

Alerta!

logo Boca Aberta tem mandato suspenso por seis meses no Conselho de Ética - Notícias - AN Notícias Boca Aberta tem mandato suspenso por seis meses no Conselho de Ética - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 04 de Agosto de 2020

SAIBA MAIS

Dia da Campanha Educativa de Combate ao Câncer - Dia de Sta. Clara - Dia do Padre -
11/12/2019 08h54

Boca Aberta tem mandato suspenso por seis meses no Conselho de ÉticaO ex-deputado Valdir Rossoni deve assumir vaga do londrinense

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O deputado Emerson Petriv, conhecido como Boca Aberta (PROS-PR), está suspenso do mandato por seis meses pela Câmara Federal. A decisão foi tomada nesta terça-feira (10) pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. 11 deputados presentes votaram pela suspensão, e apenas um foi contrário à medida.

Boca Aberta, com isso, é o primeiro deputado suspenso pelo conselho durante esta legislatura. A suspensão também culmina na perda de direitos parlamentares, como assessores, gabinete, carros alugados e o salário de R$ 33 mil. A decisão da suspensão agora será tomada em votação no plenário.

O motivo que levou Boca Aberta ao Conselho de Ética foi uma ação do deputado batizada de “blitz da saúde”, onde o parlamentar aparece em um hospital de Jataizinho, na Região Metropolitana de Londrina.

Segundo a denúncia do deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), Petriv constrangeu o médico do hospital, que estava em horário de descanso e invadiu a unidade, fazendo gravações em vídeo sem autorização, acompanhado de seu assessor e cinegrafista.

Em sua defesa, Boca Aberta disse que a “blitz da saúde” é validada pela “má administração da saúde, falta de médicos na rede municipal, péssima qualidade no atendimento e longas filas de espera”. De acordo com ele, é a primeira vez que um deputado é “punido por trabalhar”. Ele ainda afirmou que vai recorrer da decisão na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. “Indignação total, até porque não há motivos para uma punição tão dura como essa”, se defendeu.

Boca Aberta disse também que a punição não vai mudar a sua forma de agir. “Eu não estou fazendo nada de errado. Não vai mudar nada minha conduta. Vou continuar com as minhas blitz da saúde”, afirmou.

SUPLENTE

Quem deve assumir a vaga de Boca Aberta é o ex-deputado federal Valdir Rossoni (PSDB) que ficou como suplente de Boca. Rossoni foi secretário da Casa Civil na gestão de Beto Richa no Governo do Paraná, e entrou com uma ação que pede ao TSE a cassação definitiva de Boca Aberta.

Fonte: AN Notícias com 24 Horas

Galeria de Imagens