Carregando...

Alerta!

logo Prefeitura de Londrina cancela prova para Enfermeiro Auditor de concurso - Notícias - AN Notícias Prefeitura de Londrina cancela prova para Enfermeiro Auditor de concurso - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 27 de Fevereiro de 2021

SAIBA MAIS

Dia Nacional do Livro Didático - Dia de São Gabriel e Dia do Agente Fiscal da Receita Federal -
18/07/2013 10h42

Prefeitura de Londrina cancela prova para Enfermeiro Auditor de concursoPrefeitura de Londrina cancelou a prova para Enfermeiro Auditor deste domingo

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

A Prefeitura de Londrina cancelou a prova para Enfermeiro Auditor do concurso público da Saúde realizado no domingo (14), depois de uma série de denúncias de perguntas plagiadas de outros processos seletivos realizados no Brasil. O anúncio foi feito pelo secretário municipal da Saúde, Francisco Eugênio de Souza, durante coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (17).

Segundo ele, a intenção inicial era cancelar a prova, mas tudo dependia do parecer da Procuradoria do Município, que o emitiu nesta quinta-feira (17), favorável ao cancelamento. Um novo edital será aberto, provavelmente em 30 dias, para a aplicação de uma nova prova às 176 pessoas que se candidataram ao cargo de Enfermeiro Auditor.

O cancelamento do concurso não deve afetar o atendimento ao público. “Felizmente, é a área que vai causar menos prejuízo. O cidadão não é atendido diretamente por esse enfermeiro, diferentemente de um médico do Samu. O trabalho do enfermeiro auditor é burocrático, interno”, explicou o secretário.

Em relação às provas para os demais cargos que também apresentam questões idênticas às de outros concursos, o secretário informou que os recursos dos candidatos estão sendo analisados individualmente. Se houver pertinência, as questões poderão ser canceladas, mas não as provas.

“O volume de questões plagiadas fez a diferença [em relação à prova de Enfermeiro Auditor]. O volume foi expressivo, então o mais correto seria zerar a prova e fazer uma nova”, comentou o secretário, durante a coletiva. No total, 26 das 35 questões eram iguais a de concursos realizados em outros três estados.

O secretário informou desconhecer quanto vai custar a aplicação de uma nova prova aos candidatos a Enfermeiro Auditor. A elaboração ficará, novamente, sob a responsabilidade da Secretária Municipal da Saúde, com a ajuda de professores de instituições de ensino superior que serão convidados. Agora, haverá a exigência de ineditismo das questões.

A Prefeitura também vai apurar o que houve durante a elaboração das provas. Medidas serão tomadas ao final do processo. “Não acredito que houve má fé dos elaboradores. Creio que houve um grande descuido, uma ação menos atenciosa, menos empenhada por parte de quem fez as provas”, avaliou Souza.

Entenda o caso

Cerca de 75% das questões da prova para o cargo de Enfermeiro Auditor são idênticas às questões de concursos realizados em outros três estados brasileiros. O processo seletivo promovido pela Prefeitura de Londrina foi realizado mesmo após denúncias de que parte do conteúdo da prova poderia ter vazado.

Na prova para Enfermeiro Auditor, 26 das 35 questões constam em provas aplicadas anteriormente em Minas Gerais, Distrito Federal e Maranhão. A prova para o cargo de Fisioterapia também é colocada sob suspeita pelos candidatos. Uma das questões aplicadas no concurso londrinense tem alternativas idênticas às da prova de um concurso de 2009 da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na Paraíba.

Para o secretário municipal de Saúde, Francisco Eugênio de Souza, “faltou vontade” à equipe responsável pela elaboração da avaliação. Ele classificou a atitude de “copiar” como “não recomendável”.

A elaboração da prova por uma equipe designada pela própria Secretaria Municipal de Saúde foi uma medida tomada pelo secretário para agilizar o concurso. “Se tivesse sido feita a contratação de uma empresa de fora, qualquer que fosse, estaríamos provavelmente terminando a licitação agora”, explicou.

Fonte: Gazeta do Povo