Carregando...

Alerta!

logo Superlotado, Hospital Universitário suspende atendimento no pronto-socorro por 24H - Notícias - AN Notícias Superlotado, Hospital Universitário suspende atendimento no pronto-socorro por 24H - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 01 de Dezembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia Mundial da Luta Contra a Aids - Dia de São Vicente - Dia do Casal - Dia do Imigrante - Dia do Numismata -
24/07/2020 07h43

Superlotado, Hospital Universitário suspende atendimento no pronto-socorro por 24HSomente casos suspeitos de coronavírus estão sendo admitidos na unidade

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

O Hospital Universitário de Londrina suspendeu pelo prazo de 24h a admissão de pacientes que não sejam casos suspeitos ou confirmados de coronavírus. O pronto-socorro da unidade está fechado para o encaminhamento de vítimas de acidentes ou outras enfermidades que não estejam relacionadas à Covid-19.

Segundo a direção do HU, o hospital está superlotado. Todos os 53 leitos do pronto-socorro estão ocupados com pacientes internados ou em atendimento. O hospital de campanha montado em um prédio anexo ao HU está funcionando normalmente, porém somente casos de coronavírus.
 

Pessoas que precisarem de assistência médica para outras situações devem ser encaminhadas a outros hospitais. No entanto, apenas a Santa Casa está recebendo pacientes, e já no limite do suportado pelo hospital, que tem capacidade para 8 pacientes no PS.

Já o Hospital Evangélico de Londrina está com o Pronto Socorro fechado desde quarta-feira (22) após um paciente testar positivo para coronavírus. O hospital só voltará a receber pacientes a partir de segunda-feira (27), segundo informou a direção.
 

O Hospital Universitário informou por meio de sua assessoria que havia um acordo com o COESP (Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública) em que ficou definido que o hospital seria referência no combate à pandemia, e não deveria receber pacientes com outras doenças.

Conforme a direção, a medida de fechar o pronto-socorro por 24 horas reforça esse acordo.

 

 

Fonte: AN Notícias com 24 Horas

Galeria de Imagens