Carregando...

Alerta!

logo Briga entre irmãos resulta em morte por esfaqueamento em Mandaguari - Notícias - AN Notícias Briga entre irmãos resulta em morte por esfaqueamento em Mandaguari - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 24 de Novembro de 2017

SAIBA MAIS

Dia de São João da Cruz - Dia de São Porciano -
13/11/2017 02h39

Briga entre irmãos resulta em morte por esfaqueamento em MandaguariA morte pode ter sido causada por herança de família

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Foi registrado no começo da noite deste sábado (11), em Mandaguari, por volta de 19h30, o quarto homicídio do ano. Segundo informações da Polícia Militar, uma briga entre irmãos resultou em esfaqueamento, em uma residência na Rua Jorge Hamessi, na Vila Vitória. Foi apenas um golpe que teria atingido o lado esquerdo do tórax da vítima, no caso, Elias Pereira de Souza Sobrinho, 59 anos, que morreu no local.

Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e, em seguida, também o Veículo de Intervenção Rápida (VIR) da base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Maringá, com um médico. Elias sofreu uma parada cardiorrespiratória antes de entrar em óbito.

Em entrevista para o canal do Facebook, Mandaguari Web TV, o investigador da Polícia Civil, Fabiano Loof Teixeira, comentou que o motivo da desavença entre os irmãos seria uma herança familiar. "Foi questão patrimonial envolvendo uma casa, e a discussão já vem de algum tempo, porque há registros de boletins de ocorrência por ameaça de ambas as partes", ressaltou Fabiano.

Suspeito de ser o autor do crime, Vanderlino Pereira de Souza, 52 anos, fugiu da residência, e a PM realiza patrulhamento pela cidade no intuito de localizá-lo. Os dois irmãos moravam no mesmo bairro, a cerca de 20 metros um do outro.

Profissional do Instituto de Criminalística de Maringá esteve no local para realizar a perícia. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá.

 

Quarto homicídio

A morte de Elias Pereira de Souza Sobrinho marca o quarto homicídio do ano em Mandaguari. O primeiro registrado foi no Jardim Boa Vista, no dia 6 de junho, e teve como vítima Sebastião Medeiros, de 80 anos; o segundo aconteceu no dia 13 de outubro, na Associação Rural, localizada no Jardim Social, e a vítima foi um jovem de 18 anos, Wesley Leite dos Santos; o terceiro aconteceu no dia 30 de outubro, também no Jardim Boa Vista, e a vítima foi Paulo Fernandes de Souza.

Fonte: AN Notícias com Agora

Galeria de Imagens