Carregando...

Alerta!

logo Casas noturnas foram fechadas em Maringá - Notícias - AN Notícias Casas noturnas foram fechadas em Maringá - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 19 de Fevereiro de 2020

SAIBA MAIS

Dia do Esportista - Dia de São Bonifácio - Foi fundada a cidade Rio Grande e Dia do Dhama Magha Puja -
21/09/2013 12h30

Casas noturnas foram fechadas em Maringá Prefeitura de Maringá notificou nesta noite de sexta-feira o fechamento de 16 casas noturnas da cidade

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
Informa Angelo Rigon em seu blog que a Prefeitura de Maringá está notificando nesta noite de sexta-feira o fechamento de 16 casas noturnas da cidade. Uma equipe da fiscalização do município foi até as casas noturnas para informar que elas não poderiam abrir, sob pena de ter o alvará cassado. 

À tarde, os proprietários foram chamados até a prefeitura e informados de que haviam problemas com laudos dos bombeiros, que iam da falta de hidrantes a portas de saída. Alguns procuraram o Corpo de Bombeiros para saber detalhes das pendências, baseadas em laudos feitos recentemente. Nenhum imaginava porém que à noite as casas seriam fechadas. Nas portas de algumas dessas boates há público aguardando entrar, sem contar os funcionários que compareceram normalmente ao trabalho.

Há revolta porque não houve comunicado antecipado, somente agora à noite. “Foi uma falta de consideração com o público e com a empresa, pois temos funcionários cujas famílias dependem desse trabalho”, disse um gerente. A previsão é de que dificilmente essas casas noturnas conseguirão abrir neste final de semana. Entre elas estão o MPB, Taj, Arena, Atlântico, Apetim e Estância Gaúcha.

O vereador Mario Verri comentou o assunto e disse que ''chama atenção é que o cumprimento do embargo dá-se numa sexta-feira. Não somos contra as medidas de segurança, pelo contrário, queremos e desejamos sempre o melhor para os frequentadores das boates. Contudo, deveria, por parte da prefeitura, ter mais sensibilidade e trato com os empresários maringaenses. As adequações deverão ser feitas sim, mas os empresários devem ser respeitados.''
Fonte: AN Notícias com Blog Rigon

Galeria de Imagens