Carregando...

Alerta!

logo Arqueólogos restauram uma múmia encontrada em tumba na cidade egípcia de Luxor, neste sábado (9) - Notícias - AN Notícias Arqueólogos restauram uma múmia encontrada em tumba na cidade egípcia de Luxor, neste sábado (9) - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 18 de Setembro de 2018

SAIBA MAIS

Dia dos Símbolos Nacionais - Dia da Televisão - Dia de Santa Sofia e São José de Cupertino - Semana da Comunidade -
09/12/2017 07h54

Arqueólogos restauram uma múmia encontrada em tumba na cidade egípcia de Luxor, neste sábado (9)A tumba é de Draa Abul Naga, na cidade egípcia de Luxor

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Arqueólogos egípcios descobriram uma múmia enterrada em um túmulo ainda não explorado em Luxor, às margens do rio Nilo, informou o Ministério das Antiguidades neste sábado (9).

A arqueóloga alemã Frederica Kampp encontrou essa tumba e outra adjacente na década de 1990, mas não chegou a entrar nas jazidas, explicou o Ministério.

As duas tumbas foram registradas com números por Kampp e datam, possivelmente, da época do Novo Reino, há cerca de 3 mil anos.
 

Desde a descoberta de Kampp, "ambas as tumbas haviam permanecido intactas" até a missão arqueológica iniciar seus trabalhos.

O ministro de Antiguidades, Khaled al-Enany, foi a Luxor anunciar a descoberta na necrópole de Draa Abul Nagaa, perto do conhecido Vale dos Reis, onde foram enterrados muitos faraós. Entre eles, está Tutankamon.

Al-Enany relatou que, além dos objetos funerários, os arqueólogos encontraram "uma múmia envolvida em linho". Análises preliminares apontam para "um funcionário de alto escalão, ou uma pessoa poderosa".

O túmulo pode pertencer a "uma pessoa conhecida como Djehuty Mes, cujo nome aparece em um dos muros", ou "ao escriba Maati, já que seu nome e o nome de sua esposa, Mehi, estão inscritos em 50 cones funerários encontrados na câmara retangular da tumba".


 

 

Fonte: AN Notícias com G1

Galeria de Imagens