Carregando...

Alerta!

logo Debaixo de chuva, banda americana Kiss faz a festa dos fãs em Curitiba - Notícias - AN Notícias Debaixo de chuva, banda americana Kiss faz a festa dos fãs em Curitiba - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 10 de Julho de 2020

SAIBA MAIS

Dia da Pizza -
22/04/2015 03h06

Debaixo de chuva, banda americana Kiss faz a festa dos fãs em CuritibaKiss posta fotos de Curitiba no Instagram

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto
A banda Kiss está aproveitando sua passagem por Curitiba. No Instagram oficial do grupo, @kissonline, e na fanpage da banda os integrantes mostraram a animação dos fãs da capital paranaense e bastidores do show na Pedreira Paulo Leminski desta terça-feira, 21. Nem a Polícia Militar do Paraná ficou de fora das publicações da banda, os militares que acompanharam os integrantes até o local do evento receberam fotos e um obrigado especial do Kiss.

Mesmo debaixo de chuva, milhares de pessoas lotaram a Pedreira Paulo Leminski na noite desta terça-feira (21) e vibraram com o primeiro show da história do Kiss em Curitiba. A banda, que comemora 40 anos de carreira, abriu a apresentação por volta das 21h05 com o clássico “Detroit Rock City”, cantado em coro pelo público.

Durante aproximadamente duas horas, os roqueiros tocaram alguns dos seus maiores hits, como “Lick it Up”, “I Love it Loud” e “I Was Made For Loving You”. A banda fez um bis com três músicas. O encerramento, como é tradição nas apresentações da banda, foi com a clássica “Rock’n Roll All Night”.

Como é tradicional nos show dos Kiss, a pirotecnia foi total. O guitarrista Paul Stanley voou do palco até uma estrutura no centro da Pedreira. O baixista Gene Simmons, famoso pela sua língua desproporcional, subiu numa estrutura de metal e foi içado até o meio da plateia. O que enlouqueceu o público.

Alegres e comunicativos, os integrantes da banda, principalmente o líder Paul Stanley interagiu bastante com o público, falou que adora o Brasil e que achou sensacional a cidade de Curitiba, que aliás, foi citada várias vezes pela banda entre as músicas.

Alguns fãs reclamaram do som abafado, mas a performance da banda compensou a falha de som.

Na saída, o trânsito nas ruas no entorno da Pedreira registraram um pouco de lentidão. Com um número bem grande de polícias, não houve registro de confusões que prejudicassem a execução do show.

Um problema com o gerador de energia, durante a passagem de som do Kiss, atrasou o cronograma desde a abertura dos portões até o início do show dos curitibanos do Motorocker, que começou com meia hora de atraso e um setlist reduzido pela organização do evento. Apesar do contratempo, os curitibanos levantaram o público que aguardava os mascarados.
Fonte: AN Notícias com Gazeta do Povo

Galeria de Imagens