Carregando...

Alerta!

logo Prefeito Fred vai a Sta. Casa e “solta os cachorros” em Cornélio - Notícias - AN Notícias Prefeito Fred vai a Sta. Casa e “solta os cachorros” em Cornélio - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 28 de Novembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia do Soldado Desconhecido - Dia de São Rufo -
15/11/2013 11h33

Prefeito Fred vai a Sta. Casa e “solta os cachorros” em CornélioPrefeito briga com diretor do Hospital por causa da demora em atendimentos

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

A noite de quinta feira (14), ficará marcada na memória de muitos procopenses que esperavam atendimento médico, funcionários e a direção da Casa de Cornélio Procópio.

Em um gesto de extrema bravura, o prefeito Fred Alves, cansado das reclamações e o do descaso para com a população, foi até hospital municipal e enfrentou o diretor do estabelecimento de saúde, exigindo que os pacientes que aguardavam por horas fossem prontamente clinicados, demonstrando toda a sua autoridade como o homem a frente da administração pública, cargo este que a maioria da população confiou a ele.

Tudo começou por volta das 18h, quando muitas pessoas que aguardavam por atendimento foram informados que não havia médico no plantão e este só poderia comparecer ao pronto socorro após a meia noite, relatou a usuária do sistema público de saúde, Carina Eugênio Bonifácio Inácio, que levou a filha que não se sentia bem até a Santa Casa e o morador Reinaldo Soares Barbosa, que esperava uma consulta para a sua esposa.

Revoltada Carina, ligou diretamente para o prefeito Fred Alves, como também para a Polícia Militar e membros da imprensa local. A cidadã questionava a direção do hospital e o poder público sobre as verbas que a Santa Casa recebe. Segundo ela, se há tal investimento, não existe uma justificativa para não ter médicos no plantão.
 

Horas depois, Carina voltou a Santa Casa e encontrou com o prefeito que foi até o hospital. Fred achou tudo um absurdo, pois de acordo com o administrador público, o município contratou através de licitação, o serviço de urgência e emergência do pronto socorro por 24 horas a serviço da população, com médicos  no posto de serviço.

Indignado, Fred relatou que ao saber sobre o ocorrido, pediu que o advogado da prefeitura fosse até o hospital levando a documentação sobre o serviço contratado, mas este não foi recebido pelo diretor do hospital, o clínico José do Carmo, que se negou a conversar com o jurista da administração pública, afirmou o prefeito.

Diante de tal fato, o Fred Alves foi até o hospital pessoalmente e conversou com a população. Classificando tudo como “falta de sensibilidade” humana, o prefeito garantiu que o poder público vem fazendo a sua parte, porém a direção do hospital está descumprindo um contrato de cento e vinte três mil e quinhentos reais que vem sendo pago religiosamente todos os meses com o dinheiro do povo.

Fred ainda salientou que José do Carmo ainda teria dito que se fosse pressionado, ele iria embora e abandonaria o atendimento, deixando o PS sem médico.

Toda a situação foi acompanhada de perto pela Polícia Militar que também esteve presente no local.


 

Fonte: AN Notícias com Anuncifácil