Carregando...

Alerta!

logo Suspeito de roubo e estupro é preso em Sarandi, interior do Paraná - Notícias - AN Notícias Suspeito de roubo e estupro é preso em Sarandi, interior do Paraná - Notícias - AN Notícias

Apucarana, 27 de Novembro de 2020

SAIBA MAIS

Dia Nacional do Combate ao Câncer - Dia da Infância - Dia de São Máximo e Dia do Técnico de Segurança no Trabalho -
26/01/2016 12h17

Suspeito de roubo e estupro é preso em Sarandi, interior do ParanáO homem estava sendo procurado pelos crimes cometidos em Sarandi quando foi preso logo após roubar uma loja da área central de Paranavaí

Diminuir texto Diminuir texto Diminuir texto

Policiais da Delegacia de Sarandi, em parceria com policiais do 8º Batalhão da Polícia Militar e da Delegacia de Paranavaí, prenderam, na noite da última sexta-feira (22), I. R.S.M., 26 anos, suspeito de roubar uma residência, cometer dois estupros e um homicídio em Sarandi, e furtar uma loja de eletrônicos em Paranavaí. No sábado (23) a polícia prendeu P. F. S.F., 25, suspeito de ser comparsa do estuprador. 

De acordo com a polícia, o homem estava sendo procurado pelos crimes cometidos em Sarandi quando foi preso logo após roubar uma loja da área central de Paranavaí. No momento da abordagem, os objetos furtados na loja não estavam com ele, mas as imagens da câmera de segurança do local comprovaram que ele cometeu o crime. O suspeito foi preso também pelo crime cometido em Sarandi. 

Segundo a polícia, inicialmente ele não confessou ter envolvimento com os caso de Sarandi. Devido as investigações da Polícia Civil, que apontavam a ligação do suspeito com o crime, e também as provas que a polícia tinha, como uma camiseta que ele esqueceu no local e foi reconhecida pela família, foi possível comprovar que ele foi o autor do roubo, estupro e homicídio, e ele acabou confessando. 

As diligências também apontaram a participação do comparsa, que já tinha passagem pela polícia por receptação e roubo, no crime. Ele teria agido junto com Matos no roubo realizado em Sarandi e acobertou o suspeito durante toda a ação, vigiando a dona da residência durante o crime. O delegado responsável pelo caso, Reginaldo Caetano da Silva, informou que após o roubo, ele estuprou uma menina de 11 anos e sua tia, de 31, a qual esganou logo após e morreu. 

O delegado também afirmou que as investigações continuam para confirmar se apenas os dois suspeitos cometeram os crimes ou se teriam outros comparsas envolvidos. Ele atribui o sucesso da operação a integração entre as forças de segurança da região. “O caso só foi solucionado devido a parceria de todos os órgãos de segurança daqui e do apoio do Departamento de Inteligência do Paraná. Com a divulgação do retrato falado conseguimos prender o suspeito pouco tempo após o crime”, disse. 

Os dois foram presos e encaminhados para a Delegacia de Sarandi, onde serão tomadas as devidas providências.

Fonte: AN Notícias com Bem Paraná

Galeria de Imagens